Playlist

Playlist

Playlist

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Dilma zomba do fim dos protestos no Brasil



Nesta sexta feira pela manhã a presidente Dilma fez um comentário meio sem noção sobre as manifestações no Brasil.




Perguntada se ela tinha medo da volta dos protestos pelo Brasil ele disse " O povo Brasileiro não tem costume de protestar, eu e minha equipe já prevíamos o final dos protestos, já temos estratégias para despistar a atenção do povo na copa do mundo"

O repórter Amarildo Lima perguntou o por que ela achava que os protestos não voltariam

" O Brasileiro tem no sangue o samba e o futebol e não tem sangue para reivindicações bobas"




A presidente Dilma fez esses comentários e logo depois o porta voz da presidência da república veio trazer retratações da presidente dizendo:

"não falei nada demais apenas falei do ponto positivo dos brasileiros, simplesmente eu já sabia que esses protestos apenas eram rápidos"



A notícia virou polêmica e está na internet se espalhando.



Fonte:http://www.arrota1.com.br/m.php?id=295

"Blog da Dilma" ataca Joaquim Barbosa com imagem de escravo negro sendo açoitado



 

Em referência ao fato de Joaquim Barbosa não ter cumprimentado Dilma Rousseff em cerimônia de recepção do Papa Francisco (leia clicando aqui), o Blog da Dilma publicou ataques ao ministro do STF, Joaquim Barbosa, utilizando, como ilustração, a imagem de um escravo negro amarrado e sendo açoitado em suas nádegas.



O ato gerou críticas nas redes sociais e em círculos governamentais, tendo em vista o caráter aparentemente racista, vexatório e desrespeitoso com o qual o ministro foi tratado.


Até o momento, não há informações de retratação por parte do blog ou de seus responsáveis. Segundo nota divulgada pela Presidência da República, o site não é de responsabilidade da presidente, sendo dirigido tão-somente por seus admiradores. Segundo Patury, da Revista Época, seria de responsabilidade de "dilmistas radicais".

Até agora, Dilma não se pronunciou sobre o caso, não tendo afirmado se ordenará que o blog, que utiliza seu nome e sua imagem, além de defendê-la em diversas circunstâncias, desde pelo menos 2011, seja retirado do ar. Tampouco houve declarações de repúdio à publicação ou esclarecimentos a respeito de como o blog é financiado.


Qual é a sua posição a respeito destes fatos? Veja a imagem abaixo (clique para ampliar):





Screenshot da publicação. Imagem: Reprodução








Fonte:http://www.folhapolitica.org/2013/07/blog-da-dilma-ataca-joaquim-barbosa-com.html

O racismo no Brasil pelo olhar de quem veio de fora



“Open Arms, Closed Doors” é um filme sobre um imigrante angolano que vive na favela da Maré, no Rio de Janeiro, e compõe rap para combater o preconceito sofrido diariamente. Pedi para as diretoras, as brasileiras Fernanda Polacow e Juliana Borges, um texto sobre a experiência de produzir o documentário, que estreia, nesta segunda (18), pela rede de TV Al Jazeera.

Vale a pena assistir e compartilhá-lo nas redes sociais. O resultado acaba funcionando como um espelho do que somos, mostrando que, não raro, agimos com o mesmo preconceito utilizado contra nós por alguns cidadãos e governos do centro do mundo.

O racismo no Brasil pelo olhar de quem veio de fora, por Fernanda Polacow e Juliana Borges*

Discutir o racismo na sociedade brasileira sempre é um assunto controverso. Para início de conversa, uma parcela significativa da nossa população insiste em dizer que este é um problema que não enfrentamos. Somos miscigenados, multirraciais, coloridos. Como um país assim pode ser racista?

Foi essa a pergunta que o angolano Badharó, protagonista do documentário “Open Arms, Closed Doors” (Braços Abertos, Portas Fechadas), que dirigimos para a rede de TV Al Jazeera e que será veiculado a partir de hoje em 130 países, se fez quando chegou ao Brasil em 1997 esperando encontrar o Rio de Janeiro que ele via nas novelas.

Badharó é um dos milhares de angolanos que vieram viver no Brasil. Depois de fugir da guerra civil no seu país de origem, escolheu aqui como novo lar – um país sem conflitos, alegre, aberto aos imigrantes e cuja barreira da língua já estava ultrapassada à partida. Foi parar no Complexo da Maré, onde está localizada a maior concentração de angolanos do Rio de Janeiro.

Para quem defende que o Brasil não é um país racista, vale ouvir o que ele, um imigrante negro, tem a dizer sobre a nossa sociedade. Badharó não nasceu aqui, não carrega nossos estigmas, não foi acostumado a viver num lugar em que muitos brancos escondem a bolsa na rua quando passam ao lado de um negro. Depois de 15 anos vivendo numa comunidade carioca, ele tem conhecimento de causa suficiente para afirmar: “O Brasil é um dos países mais racistas do mundo, mas o racismo é velado”. O documentário segue a rotina deste rapper de 35 anos e mostra o dia a dia de quem sofre na pele uma cascata de preconceitos, por ser pobre, negro e imigrante.

Além de levantar o tema do nosso racismo disfarçado, o documentário propõe, também, uma outra discussão: agora que estamos nos tornando um país alvo de imigrantes, será que estamos recebendo bem esses novos moradores?

Com a ascensão do Brasil como potência econômica e o declínio da Europa, principal destino de imigração dos africanos, nos tornamos um foco para quem não apenas procura uma situação melhor de vida, mas para quem procura uma melhor educação ou mesmo um bom posto de trabalho. São muitos os estudantes africanos de língua portuguesa que desembarcam no Brasil. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, Angola foi o quarto país do mundo que mais solicitou visto de estudantes no Brasil em 2012. Com esta nova safra de imigrantes, basta saber como vamos nos comportar.

Europeus e norte-americanos encontram nossas portas escancaradas e nossos melhores sorrisos quando aportam por aqui, mesmo que estejam vindo de países falidos e em situação irregular. No entanto, um estudante angolano com visto e com dinheiro no bolso, continua sofrendo preconceito. Foi este o caso da estudante Zulmira Cardoso, baleada e morta no Bairro do Brás, em São Paulo, no ano passado. Vítima de um ato racista, a estudante virou o mote de uma musica que Badharó compôs para que o crime não fique impune. Isto porque tanto as autoridades brasileiras quanto as angolanas não deram sequência nas apurações e o crime segue impune.

A tentativa de abafar qualquer problema de relacionamento entre as duas nações pode afetar as interessantes parceiras comercias que existem entre os dois governos. Para todos os efeitos, continuamos sendo ótimos anfitriões e estamos de braços abertos para quem quer aqui entrar. 



Fonte:http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2013/02/18/o-racismo-no-brasil-pelo-olhar-de-quem-veio-de-fora/

Em meio a cirurgia, médico filma indignação por não ter fios para fechar tórax de paciente. Assista








Devido à falta de insumos necessários para concluir uma cirurgia em um tórax de um paciente, Jeancarlo Cavalcanti, o médico responsável, indignou-se e, ao interromper a cirurgia, gravou um vídeo em que relata o desespero que atravessava no momento.


"Fio de aço? Como é que eu vou fechar aqui, ó? O tórax está aberto aqui, ó, tenho que fechar isso aqui com fio de aço. Eu não tenho fio de aço para fechar isso aqui. Como é que eu vou fechar este paciente? Não tem como eu fechar. No Walfredo Gurgel não tem fio de aço. O paciente está aberto e eu não tenho como fechar. De quem é a culpa disso? Fio de aço custa muito barato", relata.



O paciente foi operado em regime de urgência, tendo o tórax fechado por fios de nylon. O hospital Walfredo Gurgel, no qual ocorreu o incidente, é o maior pronto socorro do Rio Grande do Norte.



Fonte:http://www.folhapolitica.org/2013/07/em-meio-cirurgia-medico-filma.html

terça-feira, 30 de julho de 2013

Governo brasileiro convidou traficante de drogas para missa papal







A despeito de muitos comentários a respeito das possivelmente "impertinentes" roupas pretas de Dilma e Kirchner durante a missa do Papa, o que remeteria, segundo alguns, luto ou tristeza, pouco se comentou a respeito de outra ação - ou "gafe", mesmo acinte, como se chegou a classificar.


O Palácio do Planato convidou Desiré Delano Bouterse, atual presidente do Suriname, para a missa papal. Bouterse já foi condenado por inúmeras práticas criminosas, valendo-se, atualmente, da imunidade do cargo para evadir-se da prisão.


Entre outras sanções, Bouterse foi condenado, pela Justiça holandesa, a dezesseis anos de prisão por tráfico de cocaína. Tal decisão é válida para o Brasil e para mais 50 outros países.



Bouterse foi, na década de 80, um dos primeiros criminosos a organizar rotas internacionais de tráfico de drogas, sobretudo a cocaína produzida na Colômbia e distribuída por rota que atravessava o Brasil e seguia em direção aos EUA e à Europa.


Conforme investigações, o citado teria um sócio brasileiro, preso em Goiás, que teria amealhado fortuna de mais de US$70 milhões por meios destes negócios. Bouterse seria, também, um dos responsáveis pela ascensão da carreira de Fernandinho Beira-Mar, traficante atualmente preso.


O esquema de tráfico internacional ainda existe e cresce exponencialmente, apesar das prisões. O Suriname transformou-se, nos últimos anos, na principal "lavanderia" de dinheiro do continente.


O convite foi deveras criticado sobretudo pelo fato de que uma das maiores ênfases do discurso papal destinou-se ao combate às drogas e à dependência química em geral.



Desiré Bouterse ao lado de outros chefes de Estado latino-americanos. Imagem: Ucho




Fonte:http://www.folhapolitica.org/2013/07/governo-brasileiro-convidou-traficante.html

Como cobrar o preço dos marxistas culturais pelo desrespeito praticado no evento da JMJ



Como cobrar o preço dos marxistas culturais pelo desrespeito praticado no evento da JMJ





Como eu sou ateu, mas jamais um humanista, eu me solidarizo com muitos católicos que estão revoltados com o desrespeito praticado pela escória de sempre (humanistas, marxistas, gayzistas e feministas) de membros da Marcha das Vadias invadindo evento da JMJ. Só que agora é o momento da ação estratégica, ao invés da reação emocional.

A mídia de esquerda, obviamente, está escondendo as imagens das provocações, mas ei-las:









Clique para ampliar





Em relação a última das imagens acima, veja a descrição encontrada no Facebook:


Em seguida, os manifestantes quebraram as imagens e as cruzes. Por fim, uma manifestante pegou o que sobrava de uma cruz, colocou camisinha em sua base e a enfiou no ânus de seu parceiro de encenação. Tal ato assustou até mesmo outros manifestantes que não esperavam tanta ousadia. Uma delas disse que colocaria uma máscara para não ser reconhecida, já que receava represálias no trabalho.

O que os católicos deveriam fazer em relação a isso?

Um amigo sugeriu que os católicos processarem os organizadores da Marcha das Vadias, mas isso não vai gerar efeito algum, até por que a Marcha das Vadias poderá dizer que a ação foi feita por anônimos e de forma espontânea. O resultado, em termos estratégicos, será nulo.

Obviamente este post é para todos os leitores, mas a partir de agora vou me dirigir ao público católico. (E quem não for católico, pode continuar lendo, até para ajudá-os a seguir as dicas)

Uma coisa que aprendi com Sam Harris, e que jamais vou esquecer, é que aos discursos (inclusive visuais, como nos casos acima) devemos sempre anexar um preço. Se o discurso de um oponente for ridículo, temos que cobrar esse preço. Em suma, alguém não pode lançar mensagens estúpidas impunemente, pois há um preço a ser pago por isso, e o preço é o da ridicularização.

Exemplos praticados pelo neo-ateísmo são múltiplos, mas em especial vejamos o caso de Sarah Palin. Quando ela declara ser a favor do criacionismo, eles cobram o preço desta declaração e a ridicularizam em público de forma a demolir possibilidades eleitorais dela. Esquerdistas e humanistas, portanto, sabem cobrar o preço de declarações de seus oponentes. Esta é a regra que defendo aqui.

O que proponho é que vocês, católicos, façam exatamente o mesmo. Anexem o preço na mensagem do oponente, e, como ela é ridicula, cobrem o preço. Simples assim.

Como fazer isso? Criem memes, posts rápidos e correntes, aos milhares, mostrando o baixíssimo nível moral do movimento feminista atual e do movimento gayzista. Dividam o custo, e deixem uma parte dele ser pago pelos neo-ateus. Mostrem que é esse tipo de coisa que querem ensinar aos seus filhos nas escolas com o “Kit gay”.

Se o esquerdista disser “Mas não são todos que fazem isso, só uma minoria”, retruque dizendo que essa minoria está financiada por uma maioria deles e por um discurso de ódio que eles criaram. Diga também que eles, da Marcha das Vadias, tinham poder para impedir que a duplinha fizesse a baixaria acima. Então, não tem desculpinha para esquerdista. A ridicularização tem que ser lançada sobre todo movimento humanista, feminista e gayzista. Além do mais, 3 milhões de católicos reunidos, e nenhum deles fez uma baixaria assim. Por que no meio de centenas do lado gayzista/feminista/humanista, surgiram dois que apelaram deste jeito? Incluam esse fato nas mensagens de ridicularização sobre eles.

Mais ainda: basta colocar as imagens da Marta Suplicy e de vários políticos do PT financiando os gayzistas e as feministas, e daí compartilhem parte do custo com eles. Não se esqueçam de que o preço a ser pago deve ser dividido entre os feministas, os gayzistas, os humanistas e o PT. Depois mostrem que toda essa baixaria acima está sendo financiada com o dinheiro público.

Esta é a lição simples. Cobrem o preço das atitudes ridículas feitas pelo seu inimigo, e o preço é a ridicularização pública. Mas, caso você não cobre, você paga este preço, e esta uma contingência da qual não podemos fugir. Em tudo que tenho estudado sobre ciência política, descobri esta regra incontornável: se uma alegação política for feita, e você não cobrar o preço desta alegação de seu oponente, então você paga por ela.

Quando os nazistas começaram, 60 anos antes do Holocausto, a divulgar conteúdo anti-semita extremado, o preço poderia ter sido cobrado desses autores nazistas, com a exposição pública do quão ridículo e abjeto era este conteúdo. Obras como “Apoiando Hitler”, de Robert Gellatelly, nos mostram que os intelectuais judeus agiram de forma oposta. Usaram a técnica do “vamos deixar pra lá”, ao invés de cobrar o preço dos nazistas. Aí a regra mostrando que não existe alegação política grátis é implacável: “Você não quer cobrar o preço das declarações absurdas do seu oponente. Não tem problema. Você paga”. O preço foi pago pelos judeus nos campos de concentração.

A pergunta que faço é: você estão dispostos a pagar o preço disso tudo que os gayzistas/humanistas/feministas fizeram, em aliança com o PT, ou irão cobrar o preço deles? Esta é a decisão a ser tomada no interior de cada um. Caso você tome a decisão de não pagar o preço, mas sim cobrá-lo do oponente, você está enfim pronto para gerar resultados políticos…



Fonte:http://lucianoayan.com/2013/07/28/como-cobrar-o-preco-dos-marxistas-culturais-pelo-desrespeito-praticado-no-evento-da-jmj/

domingo, 28 de julho de 2013

Esposa de militar carbonizado confessou o crime e alega legítima defesa

Kellen Cristina do Carmo Alves, confessou ter matado o marido e policial Silas Bonifácio da Silva. O corpo foi encontrado carbonizado dentro do próprio carro, na manhã deste domingo (28), na estrada da Terra Branca, próximo ao bairro Ipanema e ao anel viário, na zona leste de Uberlândia. Ela prestou depoimento durante à noite na Delegacia de Plantão e disse ter agido em legítima defesa.

Segundo o advogado de Kellen Cristina, Humberto Pellegrini Carizzi, ela esganou o ex-companheiro com um fio porque ele teria tentado estuprá-la dentro do carro. “Eles se encontraram um pouco mais cedo e saíram. Mas o engraçado é que dentro do carro tinha álcool e fios. Acho que minha cliente poderia ser a vítima”, disse. Ainda segundo Humberto Pellegrini, ela não havia contado a ele o motivo de ter ateado fogo no carro.


A suspeita chegou a Delegacia de Plantão com o rosto coberto por uma toalha

Kellen Cristina do Carmo chegou a queimar braços e mãos na ação. O advogado disse que no dia 13 de junho ela havia feito um pedido de medida sócio-protetiva, devido às supostas ameaças e agressões anteriores. O advogado vai entrar com habeas corpus para que a cliente responda ao crime em liberdade.


Corpo foi encontrado dentro de carro na zona rural de Uberlândia

Silas Bonifácio da Silva, de 45 anos era cabo da PM na 158ª companhia, no bairro Umuarama, que é ligada ao 17º Batalhão da corporação. Ele era policial há 18 anos e deixou dois filhos. No domingo pela manhã, uma pessoa avisou à PM sobre um carro queimado na zona rural. Na verificação foi descoberto o corpo.

A perícia da Polícia Civil (PC) identificou o carro, um Peugeot 206 Passion, que pertencia ao cabo Bonifácio. Em seguida, foi confirmado, junto à família, de que o corpo seria do policial militar. Levantamentos da inteligência da PM e do Grupo de Prevenção a Homicídios (GPH), além da PC, apontaram como possível autora, a ex-esposa do militar, Kellen Cristina do Carmo Alves, 34 anos. “Localizamos essa pessoa, que confirmou a autoria. Imediatamente demos voz de prisão”, afirmou o comandante da 9ª Região da PM, coronel Dilmar Crovato.


Advogado alegou que ex-policial agiu em legítima defesa

O comandante lamentou o fato e contou que o cabo da PM passava por uma separação problemática com a ex-esposa, que também foi policial. Ela deixou a corporação no ano passado para montar um negócio próprio.

Devido à extensão da carbonização ainda não foi possível determinar de que forma o policial foi morto. O delegado de homicídios Bernando Pena agora investiga se há mais envolvidos. “Vamos aguardar os laudos de local bem como a necropsia para termos suporte para saber se essa pessoa agiu com uma segunda ou terceira pessoa”, afirmou.

Arma

A Polícia Civil e a PM ainda vão averiguar o porquê de um revólver calibre 38, apreendido em 2004 pela PM, estar no carro no qual Silas Bonifácio foi encontrado carbonizado. A numeração aponta que ela foi apreendida naquele ano e ela estava acautelada no juizado da Infância e Juventude. “Ainda é prematuro dizer qualquer coisa. A investigação nos dirá se essa arma pode ter sido extraviada em anos anteriores do Fórum de Uberlândia”, afirmou o coronel Dilmar Crovato.


By Fábio Jackson
https://www.facebook.com/fabio.jackson2

Pesquisa revela ranking das profissões que mais engordam













Você está sentindo suas calças mais apertadas do que o habitual? Cuidado! Algumas profissões contribuem mais para o ganho dos quilos extras. É o que revela o estudo elaborado pelo site americano CareerBuilder.
O levantamento, feito com mais de 3.600 trabalhadores, aponta que 41% dos profissionais disseram que ganharam peso em seu trabalho atual, sendo que 30% tiveram aumento de mais de 20 quilos.

Algumas profissões tiveram maior incidência de trabalhadores relatando ganho de peso, levando em consideração os seguintes motivos para engodar: passar o dia sentado (56%), comer para aliviar estresse (35%), pular refeições por falta de tempo (17%).

No topo de ranking, com o título da profissão que mais engorda, está o cargo de assistente administrativo. Em seguida, aparecem os engenheiros. Com a medalha de bronze estão os professores.

A seguir veja o ranking completo:
1° Assistentes administrativos
2° Engenheiros
3° Professores
4° Enfermeiros e assistentes médicos
5° Gerentes de TI e administradores de redes
6° Advogados e juízes
7° Operadores de máquinas e profissionais de produção e montagem
8° Cientistas, biólogos, físicos e sociólogos 



Fonte:http://msn.clickcarreira.com.br/ficarbem/2013/6/7/5523/pesquisa-revela-ranking-das-profissoes-que-mais-engordam.html

Pesquisa revela perfil ético dos profissionais brasileiros


Pesquisa revela perfil ético dos profissionais brasileiros
A pesquisa “Perfil Ético dos Profissionais das Corporações Brasileiras”, produzida pela ICTS - uma empresa de consultoria e serviços em gestão de riscos, revelou o perfil ético dos profissionais brasileiros. De acordo com o levantamento, apenas 11% das pessoas têm perfil não aderente à ética organizacional, ou seja, não seguem o código de ética da empresa. A má notícia é de apesar de 20% serem aderentes à ética organizacional, outros 69% são flexíveis e podem atuar de forma ética ou antiética de acordo com as circunstâncias.

O estudo aponta que 18% dos pesquisados admitem que furtariam valores consideráveis da organização. Além disso, 38% dos profissionais aceitariam suborno para beneficiar um fornecedor dependendo da situação ou 43% para o caso de homens adultos não graduados, onde o índice atinge seu nível mais elevado.

Outro ponto abordado na pesquisa é a questão do atalho dentro das corporações. De acordo com os resultados, 48% dos profissionais tendem a adotar atalhos antiéticos para atingir suas metas, sendo que este índice chega a 50% no caso dos homens e a 53% em adultos (maiores de 34 anos).

Segundo Renato Santos, responsável pelo levantamento e gerente da unidade de negócio Análise de Aderência à Ética Empresarial da ICTS, os números revelam a importância de as empresas realizarem a gestão da ética de forma clara, contínua e pragmática. “O primeiro passo para a prevenção está na seleção de pessoas com o perfil ético adequado por meio de ferramentas de análise de aderência ética, diz. “Além deste filtro, é extremamente importante influenciar de maneira positiva esta maioria que tem o comportamento flexível com ações como a criação de um comitê de ética, canal de denúncia indepentende, entre outras”, completa.

O estudo foi realizado por meio de 3.211 entrevistas quantitativas e qualitativas com profissionais de 45 empresas privadas nacionais. A pesquisa levou em conta o comportamento dos profissionais diante de dilemas sobre a ética como a denúncia, convívio, atalho, furto, suborno, presente e informação, além de analisar as variáveis de gênero, maturidade, escolaridade, faixa salarial e hierarquia.



Fonte:http://msn.clickcarreira.com.br/querocrescer/2013/6/13/5567/pesquisa-revela-perfil-etico-dos-profissionais-brasileiros-.html

Mau humor de chefe é maior causa de estresse no trabalho

Pesquisa do Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente (Ipom) revelou que o ambiente tenso e pouco amistoso é o que mais provoca estresse no ambiente corporativo. A convivência com chefes e colegas agressivos e mal-humorados é o principal causador de nervosismo para a maioria (38%) dos entrevistados.

Outros 23% afirmaram que o excesso de trabalho é o motivo, enquanto 18% dos entrevistados apontaram que é a pressão por resultados. Busca da perfeição (11%) e medo da demissão (7%) foram outras respostas citadas.

De acordo com Myriam Durante, psicoterapeuta e presidente do Ipom, as empresas podem adotar medidas simples e eficazes para amenizar o estresse. ““Recomendo palestras de auto-relaxamento, em que os colaboradores aprendem a aliviar a tensão acumulada. A solução encontrada por algumas empresas americanas foi criar espaços para que os funcionários pudessem relaxar, por um período de 20 minutos, sem hora marcada. Resultado: todos acordam mais produtivos, como se estivessem no início da jornada”.
O estudo foi realizado com 1,5 mil pessoas entre maio de 2012 e maio de 2013



Fonte:http://msn.clickcarreira.com.br/ficarbem/2013/6/26/5675/mau-humor-de-chefe-e-maior-causa-de-estresse-no-trabalho.html

Homens que cuidam da casa e dos filhos são discriminados no trabalho

Homens que cuidam de filhos e assumem funções domésticas são discriminados no trabalho. O mesmo acontece com mulheres que fogem do "esperado" e escolhem não ter filhos ou deixar o trabalho de casa para os outros. É o que revela um estudo de professores da Rotman School of Management, da Universidade de Toronto, do Canadá.

De acordo com a pesquisa, o tratamento que profissionais recebem de colegas de trabalho está diretamente relacionado com os papéis de gênero assumidos por eles em casa - e qualquer um que saia das expectativas tradicionais de o que é feminino e o que é masculino pode ser penalizado.

O levantamento promoveu dois estudos de campo, um deles em organizações com quadro de funcionários formado principalmente por mulheres, e outro em um local de trabalho dominado por homens. Em ambos os ambientes foi encontrado assédio de profissionais que não se encaixavam nos papéis tradicionais de gênero. A análise buscou exemplos em que os profissionais fossem provocados, maltratados e excluídos por colegas de trabalho por causa do comportamento doméstico. No caso dos homens, foi buscado também situações que os acusassem de "não serem homens suficientes".



Fonte:http://msn.clickcarreira.com.br/querocrescer/2013/7/23/5786/homens-que-cuidam-da-casa-e-dos-filhos-sao-discriminados-no-trabalho-.html

Ex-presidente manda PT barrar coro do 'Volta, Lula': 'É burrice'



Brasília - Em conversas com parlamentares e governadores do PT, nesta semana, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chamou de "burrice" a tentativa de companheiros de entoar o coro do "Volta, Lula" para a eleição de 2014. Lula cobrou apoio à presidente Dilma Rousseff e desautorizou quem tenta passar a imagem de que ele é um "reserva" no banco, à espera da saída da afilhada política. "Quem prega o 'Volta, Lula' ou é burro ou é ingênuo", afirmou o ex-presidente, segundo petistas que estiveram com ele.

Depois de ter lançado Dilma à reeleição com um ano e oito meses de antecedência, em fevereiro, Lula diz agora que o melhor é empurrar essa discussão para 2014 porque é "um erro" antecipar o fim do governo.

"Não podemos cair na armadilha de enveredar no mesmo debate político da oposição", resumiu o senador Jorge Viana (PT-AC). "Há um mês, o governo tinha todo respaldo e agora há demandas novas das ruas. Mesmo com problemas na articulação política, as mexidas na equipe só serão feitas por causa do calendário eleitoral. O momento é de cautela e de ajustar as coisas." Lula se reuniu, nos últimos dias, com os líderes do PT na Câmara, José Guimarães (CE), e no Senado, Wellington Dias (PI), e também com os deputados Marco Maia (RS), Cândido Vaccarezza (SP), Ricardo Berzoini (SP) e Nelson Pellegrino (BA). Estiveram com ele, ainda, o líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia (SP), e os governadores Jaques Wagner (Bahia) e Tião Viana (Acre), todos do PT.

Amigo de Lula há 30 anos, o deputado Devanir Ribeiro (PT-SP) é um dos que defendem abertamente o seu retorno. Em entrevista ao Estado, no último dia 4, Devanir criticou a articulação do governo e disse que a presidente continuará enfrentando problemas na base se não der autonomia aos ministros.

"Já está na hora de Lula voltar", afirmou Devanir. No seu diagnóstico, "falta gestão" e coordenação política. E comentou: "A Ideli, coitada, é como um elefante numa loja de cristais".

O ex-presidente não gostou das declarações. Nas conversas dos últimos dias, repetiu várias vezes que o PT só deve discutir a eleição de 2014 em 2014. Também repreendeu quem cobra em público a troca de ministros.

Embora Lula tenha críticas à articulação política e à comunicação do governo, ele avalia que a hora é de ajudar Dilma, não de encostá-la na parede. Quem sai perdendo com essa ofensiva, avisa, é o próprio PT.

Depois dos protestos que tomaram conta das ruas, a aprovação do governo Dilma despencou, de acordo com as pesquisas. As intenções de voto na presidente também caíram, o que animou a base aliada a escancarar suas divergências em temas como plebiscito e reforma política. Agora, aliados que eram dados como certos em 2014, como o PSD do ex-prefeito Gilberto Kassab, não escondem o flerte com possíveis adversários. "Lula diz que não quer voltar, mas, se precisar, volta", insiste Devanir.



Fonte:http://estadao.br.msn.com/ultimas-noticias/ex-presidente-manda-pt-barrar-coro-do-volta-lula-%C3%A9-burrice
Policial é encontrado carbonizado em Uberlândia.



O corpo carbonizado encontrado no início da manhã desse domingo (28), próximo ao bairro Ipanema, na zona leste de Uberlândia é do cabo da Polícia Militar (PM), Silas Bonifácio da Silva, de 45 anos. O militar trabalhava na 158ª Companhia de PM, ligada ao 17º Batalhão da corporação.

Esposa é principal suspeita, a informação foi confirmada em coletiva de impressa dada pelo delegado de homicídios Bernardo Pena e pelo comandante da 9ª Região da PM em Uberlândia, coronel Dilmar Crovato.


Peritos não puderam constatar se houve homicídio antes de o veículo ser queimado com o corpo

O militar foi encontrado dentro de um veículo Peugeot 206 Passion. A PM não descartou a possibilidade de que tenha havido o homicídio e depois a queima do carro com o corpo para dificultar as investigações. A perícia da Polícia Civil esteve no local, mas, pela extensão da carbonização, não foi possível determinar se houve mesmo o homicídio.

Na coletiva as autoridades informaram que o crime pode ter sido cometido pela esposa do militar que também é policial, mas que não teve seu nome revelado. Eles estavam em processo de separação. O inquérito foi aberto para investigar o crime.



Fonte: http://www.correiodeuberlandia.com.br/cidade-e-regiao/corpo-carbonizado-uberlandia-policial-esposa-suspeita-julho-2013/
By Fábio Jackson
https://www.facebook.com/fabio.jackson2

Polêmica no Rio de Janeiro: Marcha das “Vadias” quebra imagens de santas e provoca revolta em católicos



Manifestantes desfilaram seminuas e quebraram imagens de santas em uma das praias mais famosas da cidade

Um protesto acabou servindo de motivo para a criação de uma polêmica: Até onde vai o limite do bom senso em manifestações públicas?

O questionamento nasceu após mais um protesto feito por um grupo feminino, que usa algumas atitudes, controversas ou não, para expressar sua opinião. Manifestantes da Marcha das Vadias quebraram imagens de santos em mais um protesto em Copacabana neste sábado (27).


Imagens de santas católicas foram atiradas no chão por manifestantes seminuas. A situação provocou revolta entre os católicos.
Foto: Reprodução / Internet

Algumas manifestantes quebraram imagens de Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora de Fátima. A atitude chocou os fiéis que estavam na Praia de Copacabana.

O fato de estarem seminuas também chamou a atenção dos peregrinos que participam da Jornada Mundial da Juventude. Em alguns trechos da passeata, as manifestantes cantaram: “eu vou pro inferno, mas vou feliz porque amei a pessoa que eu quis”.





Fonte:http://varelanoticias.com.br/polemica-no-rio-de-janeiro-marcha-das-vadias-provoca-revolta-em-catolicos/#.UfV7nKy_3ce

sexta-feira, 26 de julho de 2013

By: Sandra Furtado Menezes







Vivemos em mundo ,marcado por tragédias,violências e desigualdades,
Onde muito se fala e pouco se faz, Onde muitos fecham os olhos para tudo que está acontecendo a sua volta e olha somente para o próprio umbigo
Vivemos numa corrida contra o tempo,corremos tanto que esquecemos de nós mesmo, de viver a nossas vidas, estamos sempre em busca de coisas que talvez nunca vamos conseguir encontrar.
Acabamos vitimas das pressões, E passamos a viver com medos, stress, depressão , impacientes e com pressa.
Não precisa ser assim ,ninguém precisa viver sob pressão diária , existe uma saída para tudo, só precisamos saber qual o melhor caminho há seguir, como agir.
Não se pode mudar o mundo
Não se pode impedir a violência , as tragédias, desigualdades
O que se pode fazer é renova sua esperança a cada dia
Pode tentar não se abater com as tragédias do mundo, e sim rezar por aqueles que estão envolvidos e por aqueles que se foram nas tragédias.
Contra a violência nunca fique parado,sempre fazer algo, sempre tente não agir com violência em casa, no trabalho no transito,em qualquer lugar que esteja,sempre não use de violência, lembre-se violência gera violência, então faça a sua parte.
Estamos em meio um caos e ninguém faz nada, e ninguém se move.
Contra a desigualdade, todos finge tudo, todos dizem palavras bonitas que não passam de palavras


By: Sandra Furtado Menezes









segunda-feira, 22 de julho de 2013

Abertas inscrições para a Conferência de Igualdade Racial

Abertas inscrições para a Conferência de Igualdade Racial

Até o dia 26 de julho, estarão abertas as inscrições para os interessados em participar da Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial. Elas podem ser feitas no Portal da Prefeitura. Esta é a terceira edição do evento, que acontece nos dias 26 e 27 de julho e terá como tema Democracia e desenvolvimento sem racismo: por uma Uberlândia afirmativa. A realização é da Superintendência da Igualdade Racial, ligada à Secretaria Municipal de Governo e a expectativa é de um público de aproximadamente 300 pessoas.

A conferência será realizada no auditório do Centro Administrativo Municipal e contará com palestras, painéis, debates em plenário e grupos de trabalho para discutir as políticas de igualdade racial no Brasil. O debate vai abordar os avanços, os desafios e as estratégias para o desenvolvimento e o enfrentamento ao racismo. Também compõem a pauta a análise dos arranjos institucionais para assegurar a sustentabilidade das políticas de igualdade racial, a participação política e controle social, entre outros temas de relevância municipal.

Todas as propostas discutidas e aprovadas servirão como subsídio à elaboração do Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial, um dos pilares da proposta da administração no que tange à implementação de ações necessárias ao estabelecimento de uma cidade afirmativa. “O objetivo principal é propiciar a participação ampla e democrática dos diversos segmentos da sociedade uberlandense de modo que o relatório final reflita fielmente tal diversidade”, disse a superintendente de Igualdade Racial, Marli Anastácio.

Além de representantes do poder público, foi constituída uma Comissão Organizadora formada por membros do Fórum Municipal de Promoção da Igualdade Racial e da Comissão Racial da Câmara Municipal de Uberlândia. Representantes desses órgãos junto com demais membros da sociedade civil formam o público da Conferência, que fará uma plenária para eleger 15 delegados. Os eleitos levarão as propostas do município para a Conferência Estadual, confirmada para os dias 28 a 30 de agosto em Belo Horizonte. 



Fonte:http://www.uberlandia.mg.gov.br/?pagina=home

MC Daleste.. Será que a impreensa esqueceu de publicar essa foto , ou de dizer as frases das músicas dele?



Matar os polícia é a nossa meta
Fala pra nois quem é o poder
Mente criminosa coração bandido
Sou fruto de guerras e rebeliões
Comecei menor já no 157
Hoje meu vício é roubar, profissão perigo
Especialista formado na faculdade criminosa...



 Nota : Este cidadão tão protegido pela imprensa principalmente pela GLOBO E RECORD tinha músicas com essa letra . Não vou colocar o que penso  e respeitarei sua opinião... 

Para reduzir gravidez na adolescência, MEC faz campanha de incentivo ao sexo oral.







O Ministério da Educação divulgou na tarde de hoje o material didático referente à campanha “prevenindo a gravidez na adolescência – caia de boca”, que visa reduzir o número de adolescentes grávidas sem planejamento, em todo o país.
Segundo informações obtidas junto à secretaria responsável pela campanha, “é do conhecimento de todos que os jovens estão iniciando a vida sexual cada vez mais cedo. Por isso pensamos em incentivar uma prática saudável alternativa ao sexo convencional, justamente para diminuir os índices de gravidez indesejada nessa faixa etária.”
Uma das ações da campanha é introduzir nas provas do ENEM perguntas sobre o tema, tais como: “o que significa a gíria ‘bola gato’?”
Setores mais conservadores reagiram a proposta e pretendem mover uma ação no Supremo para barrar a campanha.





Fonte:http://joselitomuller.wordpress.com/2013/07/04/para-reduzir-gravidez-na-adolescencia-ministerio-da-educacao-promove-campanha-de-incentivo-ao-sexo-oral/

sábado, 20 de julho de 2013

COMO ACREDITAR NA JUSTIÇA BRASILEIRA?



Canção da América, Milton Nascimento.




Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração
Assim falava a canção que na América ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver o seu amigo partir

Mas quem ficou, no pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
E quem voou, no pensamento ficou
Com a lembrança que o outro cantou

Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a distância digam "não"
Mesmo esquecendo a canção
O que importa é ouvir
A voz que vem do coração

Pois seja o que vier, venha o que vier
Qualquer dia, amigo, eu volto
A te encontrar
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar.
Canção da América, Milton Nascimento.





sexta-feira, 19 de julho de 2013

Acidente da TAM AIRBUS





Hoje faz 6 anos que fe meus irmãos João e Pedro morreram no acidente da Tam /Airbus. Na época, essas empresas me mandaram um documento na tentativa de garantir meu silêncio. NÃO ASSINEI o documento, que ainda guardo comigo. Vocês têm o direito de saber o que descobri depois de investigar muito o assunto:

1) De acordo com trechos da gravação da caixa preta, ficou claro que, sabendo do mau tempo e da pista escorregadia, o piloto pediu autorização para pousar em Cumbica em vez de Congonhas. Mas não autorizaram. Por que não autorizaram? A Tam queria economizar gasolina? Não queria trabalho e custos extras para transportar os passageiros de ônibus de Cumbica para Congonhas? Quem autoriza o pouso é o Departamento Operacional. Este foi orientado pela Tam a deixar que suas aeronaves pousassem em Congonhas naquele dia, mesmo correndo perigo. "Mais barato".

2) A Tam e a Airbus jogaram toda a culpa do acidente no piloto, que era experiente, mas infelizmente não está mais aqui para se defender. Guardei muitas matérias sobre acidentes com aviões da Airbus que ocorreram depois deste. Os depoimentos de pilotos acostumados a pilotar esse tipo de aeronave, comprovam que eles se tornaram reféns da automação dos aviões da Airbus. Ou seja, se der um "pau" no computador, eles não conseguem passar para o manual para tentar resolver o problema.
3) A Tam e a Airbus sabem exatamente de qual documento estou falando. Não me interessa receber indenização. Só quero saber QUANDO e QUANTO essas empresas vão investir na NOSSA segurança.
Por favor, compartilhem, pra que tragédias como essa nunca mais aconteçam. Desculpem o assunto pesado aqui no FB, mas isso é o mínimo que posso fazer pela nossa segurança e pelos meus irmãos João e Pedro, de quem eu morro de saudade.
Obrigada a todos. — com Rosa Plaza Serra e Aristides Mullerat Fisas.

Excelentíssima Sra. Presidente da República Dilma Rousseff,




Carta do médico Milton Simon Pires à presidente Dilma

Excelentíssima Sra. Presidente da República Dilma Rousseff,

Permita-me a apresentação: na minha opinião eu sou um médico; na sua um “trabalhador da saúde”. Na minha opinião, medicina é cuidar de pessoas doentes; na sua é fazer “transformação social”. Eu penso em salvar vidas; a senhora, em ganhar votos. Como podemos ver, a senhora e eu não temos muito em comum à primeira vista, mas existem na minha vida alguns fatos que a senhora desconhece.

Assim como a senhora, eu já fui marxista – e dos fanáticos! Brigava com colegas da faculdade no final dos 80 e início dos anos 90 para ver seu projeto de poder realizado. Caminhei ao lado daquele seu amigo que gosta de uma cachacinha e costuma ser fotografado com livros de cabeça para baixo. Conversei pessoalmente com o “poeta do sêmen derramado” que agora governa o Rio Grande do Sul.

Não tinha idéia correta daquilo que havia acontecido no Brasil entre 1964 e 1985. Imaginava, como a senhora quer fazer parecer até hoje, que tudo estava indo bem até que militares malvados que não tinham nada para fazer decidiram, com ajuda dos americanos, derrubar o governo brasileiro.

Eu só me dei conta, presidente, de quem Lula, a senhora e seu Partido-religião representavam quando comecei a trabalhar com a gente de vocês aqui em Porto Alegre a partir de 98. Duvido que eu estivesse mal-preparado, sabe? Eu já tinha feito seis anos de faculdade, um ano de residência em Pediatria, um de Medicina Interna e dois de Cardiologia. Gostaria que a senhora visse em que lugar seus “cumpanheros” aqui dos pampas me colocaram para trabalhar... Imagino a senhora doente naquelas condições de segurança, higiene, espaço e administração que a ralé do PT do Rio Grande do Sul nos ofereceu.

A senhora tem idéia de como deve se sentir um médico ao ter seu estágio probatório avaliado por técnicos de enfermagem? A senhora sabe o que é receber, depois de tudo que se estudou na vida, ordens de enfermeiras, presidente? Em nome de quê? Em nome de um delírio chamado “democratização da gestão”? Em nome de um absurdo chamado “controle social”?

A senhora tem alguma noção de quantas pessoas eu vi morrerem depois que esse seu partido de assassinos e mensaleiros terminou com o resto da rede hospitalar brasileira “aparelhando” a sua gestão com uma legião de analfabetos, recalcados, alcoólatras e incompetentes que, por oferecer uma parte de seu salário ao PT, passaram a dar ordens a homens e mulheres com capacidade de salvar vidas?

Mas por favor, não fique ofendida comigo, presidente, de certa forma essa carta é um agradecimento, sabe? Formado há quase 20 anos, eu nunca havia visto os médicos brasileiros tão unidos quanto agora. É mais um mérito seu e desse seu partido a promover a maior humilhação que os médicos de um país sofreram até hoje!

A senhora não tem vergonha de apelar para uma ditadura bananeira, para um país que mata, tortura, prende e vigia seus próprios cidadãos para fornecer médicos para o SEU povo? A senhora é brasileira, ou não, presidente Dilma? Se não tem vergonha da medicina do seu país, tenha pelo menos do seu povo!

A senhora nasceu aqui e a primeira pessoa que lhe viu foi provavelmente um médico do Brasil. Provavelmente vai ser algum colega, intensivista como eu sou hoje, quem vai estar ao seu lado no último momento, e mesmo assim a senhora quer chamar médicos cubanos para enganar nossa gente pobre e doente para garantir sua reeleição? Quem lhe deu esse conselho, presidente Dilma? Identifique por favor, um por um, os médicos que lhe cercam e sugeriram semelhante ideia! A senhora e eu já conhecemos alguns, né? Vamos apresentar os demais ao Conselho Federal de Medicina, ou não?

Presidente Dilma, até bandidos e prostitutas se ofendem quando têm seu território e ganha-pão ameaçados. Nós somos médicos, nós salvamos vidas e não vamos permitir que uma profissão cuja origem se perde no tempo seja levada ao fundo do poço por um partido como o da senhora, com o argumento de que estamos sendo corporativistas e o Brasil está sem médicos.

Deus lhe proteja na batalha que vai enfrentar conosco, presidente. Se a senhora for ferida, vai precisar ser atendida por um médico – e eu duvido muito que ele fale português.

Porto Alegre, 2 de julho de 2013 16:01

Milton Simon Pires – CREMERS 20958



Fonte:http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/carta-presidente-dilma

Venda de ingressos para a Copa 2014 começa em 20 de agosto; mais barato sai por R$ 30( Para mim mais uma jogada para desviar a atenção da população quanto nossa realidade política e social)



A Fifa anunciou nesta sexta-feira que começará no dia 20 de agosto, às 7h (horário de Brasília), a venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2014. A compra será feita pelo site da entidade máxima do futebol, o fifa.com.

Para residentes do país-sede, os ingressos mais baratos são para estudantes, idosos e beneficiários do Programa Bolsa Família, com preço de R$ 30 para 47 dos 48 jogos da fase de grupos - a exceção do jogo de abertura, a R$ 80 na categoria 4.

Já para os estrangeiros, os ingressos custam a partir de R$ 200 para as partidas da fase de grupos na categoria 3 (com exceção do jogo de abertura, que custa R$ 490). No total, aproxidamente três milhões de ingressos serão disponibilizados durante as três fases de venda.

A primeira fase vai do dia 20 de agosto até 10 de outubro de 2013. Nesse período, não terá importância a data de solicitação dos ingressos, pois todos os pedidos serão reunidos e processados conjuntamente. Se o número de solicitações recebidas por jogo e categoria exceder a quantidade de ingressos disponíveis, será feito um sorteio para determinar os contemplados. É importante lembrar que os primeiros 300 mil ingressos da categoria 4 nesse sorteio serão oferecidos prioritariamente a pessoas com mais de 60 anos, estudantes e beneficiários do Bolsa Família.

Para que todos os torcedores tenham chances iguais de comprarem ingressos, foram adotados dois limites para as solicitações. O primeiro é que os ingressos da categoria 4 são exclusivos para quem reside no Brasil. Haverá no mínimo 400 mil bilhetes para os torcedores dessa categoria, cujos preços são os mais baratos. Outros 50 mil serão dados a membros de projetos sociais, mesma quantidade que será concedida a operários que trabalharam na construção dos estádios. No máximo quatro bilhetes por partida (para até sete jogos) podem ser adquiridos por domicílio.

Nos termos da Lei Geral da Copa, aplicável a residentes do Brasil, também estão previstos outros preços especiais: estudantes, pessoas com mais de 60 anos e beneficiários do Programa Bolsa Família terão direito a 50% de desconto nos valores dos ingressos de categoria 4. Além disso, idosos (com mais de 60 anos) residentes no Brasil terão direito à meia-entrada nos ingressos de categoria 1 a 3.

Ainda de acordo com a legislação brasileira, pelo menos 1% do total de ingressos adquiríveis será destinado a pessoas com deficiência. Foi estabelecido que esses ingressos terão o mesmo preço da categoria 3. As pessoas com deficiência terão também a opção de solicitar um ingresso gratuito para um acompanhante.

Retirada é ampliada

Para evitar problemas de retiradas de ingressos, como houve na Copa das Confederações, a Fifa irá ampliar a rede de distribuição para todas as cidades-sedes da Copa. Na competição vencida pelo Brasil em junho, os bilhetes podiam ser obtidos apenas na cidade da partida.

"Teremos mais pontos nas cidades e teremos um número maior de locais para a retirada", disse Thierry Weil, diretor de marketing da Fifa, em entrevista coletiva nesta sexta, após anunciar o valor dos ingressos.

A ideia era que a retirada dos bilhetes começasse em 15 de abril de 2014, mas a data definitiva ainda depende dos prazos de conclusão dos estádios. Arenas como as de São Paulo, Natal, Cuiabá e Manaus, por exemplo, ainda estão em construção.

"As datas estão relacionadas a isso. Eu não posso entregar nada antes de saber como serão os assentos e como eu poderei fazer a distribuição internamente", complementou Weil.



Fonte:http://esportes.br.msn.com/copa-2014/noticias/venda-de-ingressos-para-a-copa-2014-come%C3%A7a-em-20-de-agosto-mais-barato-sai-por-rdollar-30-1 


Nota " No meu ponto de vista isso é mais uma estratégia para desviar a atenção quanto a nossa realidade política e social . Mais uma vez a massa alienada se fará manipulada .

Comissão de Constituição e Justiça aprova projeto de lei que aumenta maioridade penal para 21 anos


 CCJ quer maioridade penal de 21 anos



A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal aprovou esta tarde projeto de lei que aumenta a maioridade penal para 21 anos de idade.
Conforme consta na justificativa do projeto, “não é com medidas repressivas que se combate os atos delituosos com participação de menores. A medida adequada para por fim à violência se dar por meio da educação e cultura, não com prisões”.
O projeto deve ser votado no plenário ainda este mês, e caso seja aprovado, vai tornar inimputável toda pessoa até 21 anos de idade que cometer delito, submetendo-a, quando for a caso, a medidas socioeducativas, ao invés de penas privativas de liberdade.
Para a secretária nacional de direitos humanos, Maria do Rosário, “o projeto é um avanço, pois mostra que o Estado brasileiro não tem mais a postura de criminalizar a juventude”.
A Anistia Internacional também elogiou a iniciativa, e disse que a mesma deve servir de exemplo para todos os países do mundo.



Fonte:http://joselitomuller.wordpress.com/2013/07/01/comissao-de-constituicao-e-justica-aprova-projeto-de-lei-que-aumenta-maioridade-penal-para-21-anos/

PMDB defende passe livre para parlamentares em aviões da FAB






O presidente do Senado, Renan Calheiros, se manifestou na tarde de hoje sobre o fato de ter utilizado um avião da Força Aérea Brasileira – FAB para viagens pessoais.
Segundo matéria publicada na Folha de São Paulo, Renan usou um avião da FAB modelo C-99 para participar do casamento de Brenda Braga, filha mais velha do líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), em Trancoso, na Bahia. O presidente do Senado viajou na aeronave de Maceió a Porto Seguro (BA) às 15h do dia 15 de junho, um sábado, e, de lá, foi para Brasília às 3h de domingo. A agenda de Renan não previa compromissos no dia 15 de junho.
Segundo ele, “a viagem faz parte da nova proposta do PMDB, (partido ao qual é filiado), em defesa do passe livre de parlamentares nos aviões da FAB”. Renan também explicou que “estamos ouvindo a voz das ruas e nos somamos aos estudantes em defesa do passe livre”.
Já o presidente da câmara dos deputados, Henrique Eduardo Alves, também do PMBD, disse que “já comecei a apoiar a campanha, pois como todos sabem, levei minha família pra ver o jogo do Brasil na final da Copa das Confederações”.
Ele ainda não confirmou se irá também assistir o campeonato brasileiro às expensas do erário, mas fez uma reclamação: “O ruim desses aviões da FAB é que as aeromoças só servem aqueles amendoins e suco de laranja transgênica”.




Fonte:http://joselitomuller.wordpress.com/2013/07/04/pmdb-defende-passe-livre-para-parlamentares-em-avioes-da-fab/

Para custear passe livre, Senado aprova fechar hospitais universitários



O Senado aprovou na tarde de hoje o projeto de iniciativa popular que prevê o livre acesso aos serviços de transporte para estudantes e desempregados em todo o Brasil.
O “passe livre”, como é chamado, custará ao erário em torno de R$ 40 bilhões por ano.
Por tal motivo, a medida encontrada pelos senadores para o custeio do projeto foi o fechamento dos hospitais universitários em todo o país.
“O povo brasileiro reivindicou e o parlamento atendeu. Mas para que seja possível a implementação do passe livre, é necessário que cortemos gastos de algum lugar”, explicou a senadora Maria Rita, relatora do projeto.
A comunidade acadêmica publicou nota repudiando a medida, já que a mesma “constitui um retrocesso absurdo para as universidades em todo o país. A formação acadêmica em medicina ficará deveras comprometida”.
O projeto ainda precisa ser votado na Câmara e, caso aprovado, será encaminhado para sanção da presidente Dilma.
Os enfermos que se encontrarem internados nos hospitais universitários na data do fechamento dos mesmos terão assistência médica prestada em domicílio, ao que tudo indica, por médicos cubanos.



Fonte:http://joselitomuller.wordpress.com/2013/07/05/para-custear-passe-livre-senado-aprova-fechar-hospitais-universitarios/

Lulinha dá dicas a Eike Batista de como se manter rico



O empresário Eike Batista consultou na tarde da hoje o empresário Fábio Luís Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula.
Ex-monitor do Zoológico de São Paulo, Lulinha se tornou durante o governo do seu pai um dos maiores empresários do Brasil.
Lulinha criou uma empresa e, pouquíssimo tempo depois, fechou um acordo milionário com a Oi/Telemar. Seu pai, mais tarde, comparou tal sucesso ao do jogador de futebol Ronaldo. Um seria o fenômeno dentro de campo e o outro, no mundo dos negócios.
Lulinha é dono, entre outros empreendimentos, do frigorifico Friboi, que tem como garoto propaganda o ator Tony Ramos.
Para Eike Batista, “eu tenho muito que aprender com esse menino. Ele é mesmo um fenômeno”, afirmou o empresário que virou motivo de piadas na internet, graças à queda no valor de suas ações.




Fonte:http://joselitomuller.wordpress.com/2013/07/12/lulinha-da-dicas-a-eike-batista-de-como-se-manter-rico/

quinta-feira, 18 de julho de 2013

ATENÇÃO: Dilma poderá renunciar a presidência e decretar estado de sítio, Joaquim Barbosa é a bola da vez..

Uma fonte extraoficial das imediações do Palácio do Planalto divulgou no twitter essa tarde uma informação sigilosa, cuja a procedência ainda não foi possível aferir, a respeito de suposta ameaça de renúncia da presidente Dilma Rousseff.



“A gente trabalha tanto pra ver o país bem e ainda tem que tolerar essa esculhambação em praça pública!” teria dito a presidente.


Ainda segundo a mesma fonte, “Dilma avalia que se for permanecer no poder, vai decretar estado de sítio, pois só existe, além de tal medida, outro modo de cessar a baderna: renunciando”.









Apesar de não figurar na lista de pré-candidatos ao Palácio do Planalto, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, aparece como o preferido dos manifestantes paulistanos para suceder Dilma Rousseff, mostra pesquisa do Datafolha realizada nessa quinta-feira (20).


De acordo com o instituto, Barbosa foi mencionado por 30% dos entrevistados, contra 22% da ex-senadora Marina Silva, que tenta montar a Rede Sustentabilidade para concorrer ao Planalto em 2014. Dilma (PT) aparece em terceiro na lista, com 10% das menções.



O levantamento foi realizado durante os protestos de ontem na avenida Paulista, região central da cidade.


O senador Aécio Neves (PSDB-MG), com 5%, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), com 1%, vêm logo a seguir.


A margem de erro da pesquisa, que entrevistou 551 manifestantes, é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos. No limite, Barbosa e Marina poderiam ter 26% das preferências, mas, segundo o Datafolha, a probabilidade de que esse cenário seja real é muito pequena.
Sétimo ato do Movimento Passe Livre em SP
Ver em tamanho maior »




DESCOMPASSO


A última pesquisa nacional do Datafolha para a corrida de 2014 --finalizada no dia 7, antes da onda de manifestações que tomou conta do país-- mostrava Dilma na liderança, com 51% das intenções de voto no cenário mais provável, sete pontos percentuais a menos do verificado no levantamento anterior, de março.


Marina (16%) e Aécio (14%) estavam empatados em segundo lugar.


No cenário em que o nome do presidente do Supremo aparece, ele tinha 8% (levada em conta só a população da cidade de São Paulo, o ministro atingiria 11%).
Editoria de Arte/Folhapress


Barbosa teve ampliada a sua exposição nacional desde o ano passado devido ao julgamento do mensalão, processo que ele relatou e que resultou na condenação de 25 réus, entre eles a antiga cúpula do PT.


Seu nome ganhou força nas redes sociais como possível candidato à sucessão de Dilma. Para isso, ele teria que deixar o STF e se filiar a um partido político até o início de outubro deste ano --um ano antes das eleições.


Até agora, Barbosa não tem manifestado intenção de se candidatar à Presidência. Em dezembro, após o Datafolha mostrá-lo com até 10% das intenções de voto para a Presidência, ele reiterou ser um "ser absolutamente alheio a partidos políticos", mas se disse lisonjeado com os números.


"A pesquisa me deixou evidentemente lisonjeado. Qual brasileiro não ficaria satisfeito em condições idênticas à minha. Ou seja, pessoa que nunca fez política, nunca militou em partido político, nem mesmo em associações, sempre dedicou a sua vida ao serviço do Estado brasileiro, da sociedade brasileira, espontaneamente se ver contemplado com números tão alvissareiros. Evidente que isso me deixou bastante lisonjeado e agradecido também àqueles que ousaram citar meu nome", afirmou à época.


REJEIÇÃO


Além da preferência por Barbosa, que não pertence a um partido político, os números também mostram rejeição dos manifestantes aos nomes colocados até o momento para a disputa. Ao todo, 27% dos entrevistados disseram que não votariam em nenhum dos candidatos.


Esse percentual é mais de três vezes superior ao observado na pesquisa nacional do Datafolha do início do mês. Na época, 6% dos eleitores disseram que votariam em branco, nulo ou não manifestaram preferência por nenhum candidato (11% se considerados apenas os eleitores paulistanos). (RANIER BRAGON)


Fontes: http://crystaltube.wordpress.com/2013/06/21/dilma-vai-renunciar/
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/06/1299095-joaquim-barbosa-lidera-corrida-presidencial-entre-os-manifestantes.shtml

Read more: http://www.revelacaofinal.com/2013/06/atencao-dilma-podera-renunciar.html#ixzz2ZRVaSdzJ

NOTA PUBLICADA NAS REDES SOCIAIS


Os Grupos de Apoio à Adoção do Brasil representados pela ANGAAD – Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção, vem, pela presente mensagem, manifestar sua preocupação e repúdio quanto a metodologia utilizada por VÁRIAS PÁGINAS E PERFIS NO FACEBOOK, incentivando adoções diretas. Este procedimento é absolutamente ILEGAL e pode trazer danos irreparáveis para todos os envolvidos: intermediários, mãe biológica, adotantes e, sobretudo, a criança.- A ANGAAD defende a prévia habilitação, o cadastramento nacional dos habilitados e das crianças/adolescentes disponibilizados;
- A ANGAAD luta por ADOÇÕES LEGAIS, isto é, feitas pelo meio judicial, respeitado o devido processo legal, com a participação de todos os atores de direito envolvidos e o cumprimento de todas as etapas exigidas por lei;
- A ANGAAD luta por ADOÇÕES SEGURAS E PARA SEMPRE, ou seja, aquelas feitas legalmente, via Judiciário, com estudos sociais das equipes técnicas responsáveis, parecer do Ministério Público e demais atos necessários ao devido processo legal, e, principalmente, aquelas cujos pretendentes se prepararam emocionalmente, buscando informação, leitura, troca de experiências acerca do tema da adoção, para a consolidação do propósito em adotar;

NOTA PARA AS PESSOAS QUE DESEJAM ADOTAR:

A partir da Lei 12010, todos os encaminhamentos de adoções precisam acontecer via Judiciário. A Justiça da Infância e Juventude, responsável pela colocação da criança na família substituta, realiza estudos com as famílias candidatas à adoção, através de equipes interprofissionais, objetivando garantir que as crianças disponíveis para adoção sejam bem acolhidas e possam se desenvolver em um ambiente saudável.
A adoção ilegal pode causar muitos transtornos para quem opta por essa alternativa, a começar pela perda da criança, chegando à punição penal.
É dever de qualquer cidadão denunciar, imediatamente, aos órgãos responsáveis, os casos de abandono ou doação ilegal de crianças e adolescentes que tiver conhecimento.
É imprescindível que as pessoas que desejam adotar uma criança passem pelos trâmites legais, que incluem cursos de preparo para a adoção, exigidos na Lei 12010.
Somente a adoção legal pode assegurar que a criança seja adotada de forma segura e para sempre.

NOTA PARA AS MÃES QUE DESEJAM ENTREGAR UM FILHO EM ADOÇÃO

Entregar um filho em adoção não é crime, mas as genitoras que desejam fazê-lo devem dirigir-se à Vara da Infância e Juventude de sua cidade, que o encaminhará a uma família que esteja legalmente habilitada e preparada para adotá-lo.
Nem todas as pessoas estão preparadas para receber uma criança e para educá-la com o amor e maturidade que ela merece e precisa. O Juizado da Infância sabe quem são as famílias que estão preparadas de acordo com a Lei e fará o encaminhamento da criança com segurança.
Entregar a criança para uma pessoa que se conhece pela Internet não será garantia de que ela será adotada legalmente.
Garanta os direitos e o futuro de seu filho, o entregue na Vara da Infância e procure nela sua orientação e apoio.
(Parágrafo único do artigo 13 da lei federal 8069 de 13/06/90 – ECA (parágrafo introduzido através da Lei 12010/09): “As gestantes ou mães que manifestem interesse em entregar seus filhos para adoção serão obrigatoriamente encaminhadas à Justiça da Infância e Juventude”.).
A ANGAAD se manifesta em prol da adoção legal e alerta que providências estão sendo tomadas para denunciar e coibir práticas que estão sendo efetuadas na contramão da lei, denegrindo o instituto da adoção e prejudicando pessoas e instituições que trabalham legalmente nos procedimentos adotivos.
SUZANA SOFIA MOELLER SCHETTINI
PRESIDENTE DA ANGAAD



Fonte:https://www.facebook.com/SilvadodoMonteMoreira/posts/695494067134289

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Você sabe o que é a PEC 280/08? Não!?


Você sabe o que é a PEC 280/08? Não!?

Foi a Proposta de Emenda à Constituição criada pelo falecido Deputado Clodovil Hernandes que limita em 250 o número de Deputados Federais.

Isso mesmo, diminui dos atuais 513 Deputados para no máximo 250. Ou seja, uma redução de 43 milhões de reais por mês dos gastos com corruptos.

Essa vale a pena nós lutarmos para que seja aprovada.
Compartilhe, espalhe, divulgue, conte aos amigos e familiares. Vamos lutar por isso.
Mais detalhes...

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=404696

Recebi de um amigo esta mensagem.

Então, o que acham?

Negro é lindo !!!!!!



ALIMENTOS QUE AUMENTAM A BARRIGA









Os alimentos que estimulam uma grande produção de insulina pelo pâncreas são os maiores responsáveis pelo acúmulo de gordura abdominal, levando ao desenvolvimento da resistência à insulina. Essa resistência à insulina pode levar ao diabetes. A insulina é um hormônio fundamental para colocar a glicose dentro da célula para produzir energia, entretanto quando produzido em excesso vai causar um desequilíbrio no organismo: vai fazer lipogênese (produção de gordura) na região abdominal e também vai aumentar o hormônio do apetite (grelina) além de diminui o hormônio da saciedade (leptina), aumentando assim a compulsão alimentar.

ALIMENTOS QUE AUMENTAM A GORDURA ABDOMINAL:

- Carboidrato de alto índice glicêmico (farinha branca refinada e seus derivados, açúcar, e doces em geral), porque necessitam de muita insulina;
- Carboidrato de alto e baixo índice glicêmico em quantidade exagerada numa mesma refeição, pois produz excesso de insulina;
- Gordura trans (biscoito recheado, pipoca de microondas, bolo industrializado, etc.);
- Gordura saturada em excesso (carnes gordas, pele de frango, salame, linguiça, manteiga, bacon, etc.).

ALIMENTOS QUE NÃO AUMENTAM A GORDURA ABDOMINAL:

- Carboidrato de baixo índice glicêmico em quantidade moderada (pão integral, hortaliças, frutas, cereais integrais, grãos, etc.), pois produz nível adequado de insulina;
- Gordura monoinsaturada em quantidade moderada (azeite de oliva extra-virgem, amêndoa, castanhas, nozes, etc.);
- Gordura poli-insaturada em quantidade moderada (salmão, atum, sardinha, chia, linhaça, etc.);
- Antioxidantes (vitamina C, vitamina E, selênio, zinco, betacaroteno, licopeno, antocianina, flavonoides, etc.). A gordura abdominal produz citocinas (substâncias inflamatórias) que oxidam as células e os antioxidantes vão protegê-las.

FONTES DE ANTIOXIDANTES:

- Vitamina C (laranja, tangerina, abacaxi, morango, vegetal verde escuro, etc.);
- Vitamina E (azeite de oliva, óleo vegetal, oleaginosas, abacate, etc.);
- Selênio (castanha do Pará, uma grande fonte);
- Zinco (nozes, frango, feijão, etc.);
- Betacaroteno (cenoura, mamão, abóbora, vegetal verde escuro, etc.);
- Licopeno (tomate, melancia, goiaba, etc.);
- Antocianina (açaí, berinjela, cebola roxa, repolho roxo, etc.);
- Flavonoides (uva, cebola, chá verde, cacau, etc.).
Neuza Cavalcanti

Discriminação Racial



As origens e a realidade das desigualdades raciais no Brasil e a polêmica em torno das medidas para repará-las

Parece que o sociólogo pernambucano Gilberto Freyre nos convenceu: moramos num país tropical, abençoado por Deus, onde todo inundo tem a chance de namorar uma nega chamada Tereza - tudo com muita camaradagem e muito orgulho. Mas, no fundo, no fundo, a situação é bem diferente. Ainda que nosso clima continue sendo tropical, ainda que o ditado popular garanta que Deus é brasileiro e ainda que existam muitas negras e mulatas lindas por aqui, a qualidade das relações inter-raciais no país passa longe do sentimento de orgulho. A discriminação racial não aparece como violência explícita em bata-lhas campais entre brancos e negros. No entanto, as estatísticas comprovam que a parcela preta e mulata da população tem uma qualidade de vida muito inferior à da porção branca e encontra muito menos oportunidades de ascensão social.

Desigualdade em números

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) de 2005, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do total de 184,4 milhões de brasileiros, 49,9% são brancos, 43,2%, pardos (mestiços de pretos, brancos e índios), 6,3%, pretos e 0,7% é da raça amarela ou de indígenas. O IBGE trabalha no censo com as categorias pretos e pardos, com base na autodeclaração das pessoas, mas os estudiosos costumam somar pretos e pardos para totalizar os negros (incluindo mula-tos e mestiços), por representarem uma realidade social distinta da dos brancos. Assim, os negros representam 49,5% da população brasileira - proporção praticamente igual à de brancos na população. Mas as igualdades param por aí.

Conforme o relatório Retratos da Desigualdade, elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em parceria com o Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (Unifem), em 2004 o analfabetismo atingia 11,4% da população brasileira. Entre os brancos, a porcentagem caía para 7,2% e, entre os negros, subia para 16,2%. A média de estudo dos brancos é de 7,7 anos, contra 5,8 anos da dos negros. Com menos estudo, surgem menos oportunidades de trabalho: a taxa de desemprego em 2004 era de 7,9% entre brancos e de 10% entre negros. Outro relatório do IBGE, Indicadores Sociais, de 2005, mostra que os negros somam 66% das pessoas que vivem abaixo da linha de pobreza, ou seja, com menos de meio salário mínimo mensal de renda domiciliar per capita. E as desigualdades seguem na saúde, na habitação, no consumo e na violência (veja o infográfico abaixo). Tudo isso comprova que a idéia de que o Brasil vive uma democracia racial não passa de mito.



O mito da democracia racial

Gilberto Freyre contribuiu bastante para a visão de que o brasileiro não discrimina ninguém pela raça. No livro Casa Grande e Senzala (1933), Freyre defende a idéia de que nosso povo se criou de uma relação de antagonismo harmonioso entre os portugueses, os escravos africanos e os índios, em que as desigualdades não foram motivo de choques violentos. Para o autor, os mestiços - particular-mente os mulatos, filhos dos senhores europeus brancos com as escravas pretas - constituíram um dos principais canais que levaram os brancos a assimilar a cultura dos pretos. Por isso, para Freyre, não temos no Brasil um racismo explícito e violento, como nos Estados Unidos.

Trazidos para o Brasil como escravos do século XVI até meados do XIX, os pretos passaram todo o período colonial e imperial como escravos, como mera mercadoria. Por volta de 1870, época da assinatura da Lei do Ventre Livre, que tornou libertos os filhos de escravos, boa parte da elite intelectual brasileira estava convencida da inferioridade biológica dos negros. E o que se chama de racismo científico - uma doutrina ideológica fundamentada em premissas supostamente científicas, surgida na Europa, que pregava não só a superioridade dos brancos como também a idéia de que a miscigenação desses com os negros só contribuiria para degradar a "raça brasileira".

Estima-se que, quando a Lei Áurea foi assinada, em 13 de maio de 1888, dos quase 800 mil escravos libertados, apenas 0,9% de pretos c mulatos sabia ler. Sem nenhuma educação formal, milhões trocaram a condição de escravo pela de homens e mulheres livres sem qualificações nem condições mínimas para melhorar de vida. O governo da época não teve uma ação política para integrar essa imensa parcela da população à vida social e econômica da nação, como distribuir terras aos ex-escravos e universalizar o acesso a escolas. Ao contrário, com o fim da mão-de-obra escrava, o Estado incentivou a imigração: italianos, japoneses, espanhóis e alemães ocuparam, então, os principais postos de trabalho na lavoura e na indústria nascente. A medida fazia parte de uma política de branqueamento da população brasileira, então com grande parcela negra.

Estava criado um círculo vicioso que dura até hoje: o negro não conseguia trabalho porque não tinha estudo e não podia educar os filhos porque não possuía trabalho. Assim, a discriminação racial no Brasil passa a andar de mãos dadas com a fortíssima concentração de renda, característica que ainda persiste. Muitos críticos até abraçam a idéia de que o negro brasileiro não sofre discriminação racial, mas, sim, de classe social - um preconceito resultante da condição de pobreza herdada de seus ancestrais.

Vítimas da violência

Hoje, de modo geral, o branco brasileiro ouve música de origens negras, usa penteados afro e janta em elegantes e caros restaurantes que servem pratos típicos da cozinha baiana - de fortes raízes africanas. No entanto, o negro continua com o acesso restrito ao mercado de trabalho e de consumo, ao mesmo tempo que se torna a principal vítima da violência.

A Constituição brasileira de 1988 - o ano do centenário da abolição da escravatura - classifica qualquer prática racista como crime inafiançável e imprescritível. Por isso, nenhuma empresa faz restrição explícita à contratação ou à ascensão funcional de negros. No entanto, uma pesquisa do Instituto Ethos com as 500 maiores empresas nacionais, em 2005, mostra que entre os executivos dessas companhias existem apenas 3,4% de negros. Há uma discriminação velada.

A violência atinge mais os negros, principalmente nas grandes cidades. Em São Paulo, em 2003, a taxa de homicídios entre os brancos era de 42,6 a cada 100 mil habitantes, enquanto para os negros esse índice era de 70 a cada 100 mil. No Recife, a discrepância era maior ainda: 15,5 brancos contra 102,3 negros (veja o infográfico ao lado).

A discriminação velada dá aos negros um tratamento diferenciado perante os agentes do Estado, em especial a polícia e o Poder Judiciário - o que tem tudo a ver com a violência. Pesquisa feita no Rio de Janeiro indica que a cor da pele define se um policial faz ou não revista corporal em um suspeito. Dos negros abordados, 55% passaram pelo procedimento, contra apenas 32% dos brancos. Outro levantamento mostra que, apesar de comporem menos da metade da população carioca, os pretos e pardos representam 72% do total de civis mortos pela polícia em 2002.

Na Justiça, a situação também é de desvantagem. Um estudo sobre a investigação e o julgamento em primeira instância judicial de casos de roubo com uso de arma, em São Paulo, mostra que esse tipo de crime é cometido tanto por negros quanto por brancos, na mesma proporção. Só que os negros têm 9% mais probabilidade de ser condenados, porque são mais perseguidos pela polícia e enfrentam maior dificuldade de acesso ao direito de defesa. Ações afirmativas

A partir dos anos 1990, os movimentos negros do Brasil começam a cobrar do Estado medidas reparadoras de sua situação de desvantagem social. A principal reivindicação passou a ser as ações afirmativas, que estabelecem um tratamento diferenciado para compensar as desvantagens acumuladas historicamente por grupos discriminados. São políticas públicas emergenciais e temporárias, que visam a diminuir rapidamente as desigualdades, como a criação de cotas para negros nas universidades públicas ou nas empresas.

Essa e outras medidas foram incluídas na proposta do Estatuto da Igualdade Racial, um projeto de lei que tramita desde 1998 no Congresso Nacional e vem causando polêmica. De um lado estão os defensores da necessidade premente dessas ações emergenciais para aproximar os negros de melhores condições de vida.
De outro, os críticos, que dizem que uma lei desse tipo estimularia o racismo em vez de combatê-lo, pois dividiria a população em grupos raciais ou étnicos - uns mais, outros menos favorecidos pelas políticas públicas, e colocaria uma questão difícil: como definir quem é ou não negro para se beneficiar das ações afirmativas? Há ainda os que pensam que as dificuldades de inclusão social enfrentadas pelos negros não têm a ver, necessariamente, com a cor da pele, mas, sim, com a condição de pobreza - a mesma que afeta grande parcela da população branca também.

O estabelecimento de cotas em algumas universidades continua gerando debates acalorados. A favor das cotas argumenta-se que é preciso compensar as dificuldades maiores sofridas pelos negros no decorrer da vida escolar e garantir seu acesso ao ensino superior. Contra elas, há quem considere primordial resolver os problemas da educação básica para toda a população. Enquanto isso, tramita no Congresso Nacional um projeto de lei que prevê a criação de cotas nas universidades federais para negros e indígenas.

Raça, racismo e ciência

O racismo, doutrina segundo a qual um povo é superior a outro devido à sua raça, justifica a subordinação de um povo a outro em termos biológicos. A partir dos meados do século XIX, a Europa, embalada pelas descobertas e teorias sobre a origem e a evolução do homem, fez uso dessa doutrina pseudo-científica como justificativa formal para os sistemas de dominação dos povos das Américas, da África e da Ásia. Hoje a idéia de que a desigualdade cultural entre diferentes povos é um fenômeno biológico e, portanto, permanente, não é mais aceita. De modo geral, todas as democracias ocidentais reconhecem e garantem em lei a igualdade de direitos entre todos os cidadãos, independente-mente de cor e raça.

Mesmo o conceito de raça sofreu grandes revisões e é tema controverso na ciência atual. Algumas pesquisas mostram que existem grupos com códigos genéticos claramente distintos espalhados pelo mundo - o que configuraria a existência das raças. Outras indicam que tais diferenças ocorrem na forma de pequenas variações genéticas, que não permitiriam separar a humanidade em grupos raciais definidos. Uma terceira linha de investigação indica, ainda, que podem haver mais semelhanças entre o DNA de um branco e um negro do que entre o de dois brancos. Seja como for, um fato é certo: não existe nenhuma evidência científica de que as características físicas de um povo ou de um indivíduo influenciem sua condição e seu desenvolvimento social, cultural e intelectual.





Fonte:http://www.dombosco.sebsa.com.br/curso/estudemais/atualidades/atualidades_discriminacao.php

Maior corte no orçamento, de R$ 5,4 bilhões, foi no Ministério da Saúde



O ministério que mais sofreu com o bloqueio de recursos no orçamento deste ano – que totalizou R$ 55 bilhões – foi o da Saúde, cujo corte totalizou R$ 5,47 bilhões em relação aos valores aprovados pelo Congresso Nacional, segundo números divulgados nesta quarta-feira (15) pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. A dotação aprovada pelo Legislativo, para esta área, caiu de até R$ 77,58 bilhões para R$ 72,11 bilhões.

Em segundo lugar, aparece o Ministério das Cidades, que sofreu um contingenciamento de R$ 3,32 bilhões em relação ao que foi aprovado pelo Legislativo, seguido pelo Ministério da Defesa, com um bloqueio de gastos da ordem de R$ 3,31 bilhões.

O Ministério da Justiça, por sua vez, sofreu um contingenciamento de verbas de R$ 2,24 bilhões, enquanto que o Ministério da Integração Nacional sofreu um bloqueio de R$ 2,19 bilhões. O Minsitério do Turismo sofreu um bloqueio de R$ 2,01 bilhões em seu orçamento para 2012.

Ainda segundo informações do governo federal, o corte no orçamento do Ministério dos Transportes teve um corte de R$ 1,97 bilhão em seu orçamento, o da Agricultura sofre um bloqueio de R$ 1,95 bilhão, enquanto o corte do Ministério da Educação somou R$ 1,93 bilhão. Já o Ministério dos Esportes teve seu orçamento para este ano bloqueado em R$ 1,8 bilhão.

Programas preservados
O ministério informou, ainda, que as despesas previstas com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com o Minha Casa Minha Vida, programa habitacional com subsídios para a população de baixa renda, além do Brasil Sem Miséria, que busca combater a pobreza extrema no Brasil, foram integralmente preservadas.

A dotação do PAC aprovada pelo Congresso Nacional, que foi mantida pelo governo, é de R$ 42,5 bilhões. O Minha Casa Minha Vida, por sua vez, está dentro do PAC. Para o programa Brasil Sem Miséria, a dotação, aprovada pelo Legislativo, de R$ 27,13 bilhões, também foi mantida pelo governo federal. Deste modo, estes gastos não entraram no bloqueio de R$ 55 bilhões.




Fonte:http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/02/maior-corte-no-orcamento-de-r-54-bilhoes-foi-no-ministerio-da-saude.html

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Carro pega fogo na Avenida Floriano, com bebê dentro.


Um veículo pegou fogo em plena Avenida Floriano Peixoto, altura do Bairro Custodio Pereira, zona leste de Uberlândia. As chamas, segundo o proprietário, tomaram o Logus ‘sem mais nem menos’.

O casal, que estava com um bebê, nos disse que saiu para comer pizza e quase morreu dentro do carro em chamas.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conteve o incêndio. A suspeita do proprietário é que o fogo tenha começado por problemas na parte elétrica, mas afirma ter levado o automóvel na oficina horas antes. Ele ainda disse que tentou abrir o capô do carro e acabou queimando as mãos. Ao ver que não conseguiria apagar as chamas, retirou a esposa e a filha de três meses do veículo.

Populares tentaram ajudar com extintores de incêndio, jogando água e até terra. A frente do carro e o motor ficaram destruídos.
Irresponsável atropela e mata criança com motocicleta


O acidente aconteceu na tarde desse domingo (14) na Rua Buritis, Bairro Alto da Colina. Jordana Joice Barbosa, 12 anos, foi atingida por uma motocicleta conduzida por um jovem de 18 anos que não possui habilitação. Ela teve diversos ferimentos graves e acabou não resistindo. Mateus Maciel Gomes foi preso em flagrante.

De acordo com informações da Polícia Militar, Mateus relatou que a adolescente atravessou a rua sem observar provocando o acidente. Com o impacto, Jordana caiu ao solo e teve diversos ferimentos. Ela foi levada para o Hospital Regional com politraumatismo craniano, trauma na face e tórax, fratura na clavícula e quadril, escoriações e ainda lesão no baço.

A assessoria de comunicação do 15º BPM informou que ela também apresentava hemorragias interna e externa. Ela foi levada direto para o bloco cirúrgico, mas acabou não resistindo e faleceu. O condutor da Honda Titan 125 sofreu apenas escoriações e foi preso em flagrante. Mateus é inabilitado e a moto estava sem o devido licenciamento.

A perícia técnica da Polícia Civil fez imagens do local do acidente e coletou detalhes que vão ajudar a identificar as verdadeiras causas do acidente. Existe a suspeita de que o condutor estaria em velocidade incompatível com a via. O corpo da garota foi levado para o Instituto Médico Legal e depois liberado para os familiares.

É revoltante, lamentável e difícil de aceitar o que esse jovem sem querer querendo tirou a vida dessa garotinha, querendo porque quando ele pegou essa motocicleta assumiu os riscos e agora tem que prestar contas com a justiça.
Mais uma agência em Uberlândia é explodida.





Uma agência bancária da avenida Floriano Peixoto, no bairro Brasil, zona leste de Uberlândia ficou destruída após a explosão de um caixa eletrônico nesta madrugada de segunda-feira (15), por volta de 3h. Os bandidos conseguiram levar dinheiro e ainda deixaram para trás mais de R$ 40 mil. Vizinhos ouviram o barulho da explosão e acionaram a Polícia Militar (PM).

Os bandidos deixaram para trás uma alavanca usada no crime e uma bucha de cocaína. Não foi possível saber quantas pessoas participaram da ação, mas circuito de segurança registrou tudo e as imagens serão analisadas pela Polícia.

Testemunhas disseram ter visto um carro saindo em alta velocidade. De acordo com o boletim de ocorrência, criminosos utilizaram artefatos explosivos caseiros, usado na fabricação de fogos de artifícios, feitos com pólvora negra ou cloratada para explodir o caixa eletrônico.

Apenas um caixa foi danificado, mas o vidro da frente foi estilhaçado e parte da área de autoatendimento ficou destruída. A agência bancária ficará fechada nesta segunda-feira. O valor levado pelos criminosos não foi divulgado.

Até quando essa bola da vez ira para o escanteio?!

Veiculo desgovernado invade residencia em Uberlândia


Carro é fechado no trânsito e invade casa no bairro Gramado.








Após ser fechado por outro veículo na Avenida Antônio Tomaz Ferreira de Rezende, bairro Gramado, em Uberlândia, um Uno desgovernado invadiu uma residência na Rua Iracema Sustrunk, deixando um grande buraco no muro.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e apurou que o motorista do Uno seguia sentido ao bairro Esperança, quando foi fechado no trânsito e perdeu o controle da direção. Desgovernado, desceu um barranco e só parou quando bateu com tudo no muro.

Segundo os militares, no veículo havia cinco ocupantes, o motorista e quatro mulheres. As passageiras foram encaminhas à UAI do bairro Roosevelt com escoriações leves e o motorista nada sofreu.



A ocorrência foi registrada no sábado (13).

domingo, 14 de julho de 2013

SIGA AS DICAS PARA VIVER BEM..





O gigante acordou, levantou , fez xixi e voltou a dormir?????





A MÍDIA INVENTOU QUE O GIGANTE ACORDOU, PORÉM NADA MUDOU.
ELES CONTINUAM ZOMBANDO, NOS ROUBANDO, ROUBANDO, NÃO PRENDERAM NINGUÉM, OS CORRUPTOS CONTINUAM FAZENDO O QUE QUEREM, E AGORA QUEREM QUE PAGUEMOS A CONTA DAS CAMPANHAS DELES E DOS PARTIDOS. REDUZIR MINISTÉRIOS, DESPESAS NADA, NÉ? REDUZIR SALÁRIOS, ASSESSORES, ASSECLAS, NADA NÉ?
REDUZIR IMPOSTOS E PREÇOS NADA, NÉ??

Após TelexFREE e BBom, mais 16 empresas são investigadas...



Consumidor deve desconfiar de ganhos altos e rápidos, proporcionais à entrada de novas pessoas no grupo, diz Ministério da Justiça
Foto: Adriano Machado / Bloomberg
RIO — Uma força-tarefa de promotores e procuradores do Ministério Público Federal e Estaduais de todo o Brasil investiga outras 16 empresas suspeitas de prática de crime financeiro, além de TelexFREEe e BBom, que já tiveram as atividades suspensas e os bens bloqueados pela Justiça. De acordo com a procuradora da República em Goiás, Mariane Guimarães Oliveira, os nomes das companhias, que atuam em todo o país, serão preservados até que as investigações sejam concluídas:

— Enquanto não soubermos quais empresas são legais, peço aos consumidores que não saiam investindo em marcas que não conhecem. E, ao receber alguma tipo de oferta para se tornar divulgador, que busque informações sobre a empresa em órgãos de defesa do consumidor.


Veja também
Ministério da Justiça notifica empresa por esquema de pirâmide financeira
TJ-AC nega recurso e mantém suspensas as atividades da TelexFREE
Polícia Federal vai investigar TelexFree
Ministro do STF nega recurso para liberar pagamento a divulgadores da TelexFREE

A Justiça Federal em Goiás também apura se a BBom tem negócios com a TelexFREE, a partir de investigação da Polícia Federal que aponta indícios de que as duas pirâmides realizaram transações com pessoas em comum e de que a BBom recebeu dinheiro da TelexFREE.

A BBom está com os bens bloqueados desde quarta-feira passada, quando a Justiça Federal em Goiás acatou o pedido para bloqueio dos bens da empresa Embrasystem (que usa os nomes fantasias Unepxmil e BBom), em ação cautelar movida por dois procuradores e um promotor. De acordo com a investigação, até o fim do ano passado, antes da criação da BBom, as empresas do grupo não movimentavam mais que R$ 300 mil por ano. Em pouco mais de seis meses, o fluxo financeiro cresceu mais de 300%. Estão bloqueados mais de cem veículos, além de R$ 300 milhões em contas do grupo.

Empresas negam ligação

No caso da BBom, o produto que supostamente sustentava o negócio é um rastreador de veículo. Como em outros casos emblemáticos de pirâmide financeira, o produto serve como isca para recrutar novos associados. Os interessados associavam-se mediante pagamento de taxa de cadastro de R$ 60 e de um valor de adesão que variava entre R$ 600 e R$ 3 mil. Além disso, os associados tinham que atrair novos integrantes e pagar uma taxa de R$ 80 por 36 meses. O mecanismo de bonificação aos associados era calculado sobre as novas adesões. Quanto mais gente aderia à rede, maior a premiação prometida.

A TelexFREE está com as atividades suspensas desde o último 18 de junho, por determinação da juíza Thaís Khalil, do Tribunal de Justiça do Acre, estado no qual possuía uma grande rede dos chamados divulgadores. A partir da decisão, a empresa não pode mais cadastrar novos associados, nem pagar os já cadastrados. A TelexFREE também está sendo investigada pelo o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça (MJ), que instaurou processo administrativo contra a empresa por indícios de formação de pirâmide financeira e ofensa ao Código de Defesa do Consumidor. Nessa semana, o MJ determinou à Polícia Federal abertura de inquérito para apuração de eventuais crimes.

— O consumidor deve desconfiar de ganhos altos e rápidos, proporcionais à entrada de novas pessoas no grupo — ressalta Amaury Oliva, diretor do DPDC.

Horst Vilmar Fuchs, um dos dez advogados da TelexFREE, informou que a empresa está tomando “diversas medidas” para recuperar o direito de atuar no país. E negou qualquer relação com a BBom:

— Não vão encontrar prova da existência dessa ligação. Podem vasculhar todas as contas.

Por meio de nota, a BBom garantiu ser uma empresa lícita e negou ter negócios com a TelexFREE. Disse ainda que já deslocou equipe jurídica a Goiás para apresentar defesa e pedir a cassação da decisão de bloqueio das contas e bens da empresa.

Fonte:http://oglobo.globo.com/defesa-do-consumidor/apos-telexfree-bbom-mais-16-empresas-sao-investigadas-9023409

Claudio Vitorino em ação..

Postagens populares

Google+ Followers

Arquivo do blog

Claudio Vitorino em ação..

Aquele que acredita que o interesse coletivo está acima do interesse individual , que acredita que tudo e possível desde que tenha fé em Deus e coragem para superar os desafios...

Vida difícil? Ajude um estranho .

Pode parecer ilógico -no mínimo pouco prioritário- ajudar um estranho quando as coisas parecem confusas na nossa vida. Mas eu venho aprendendo que este é um poderoso antídoto para os dias em que tudo parece fora do lugar.

Como assim, pergunta o meu leitor mais cético? E eu explico:
Há duas situações clássicas onde podemos auxiliar uma pessoa que não conhecemos. A primeira é através de doações e gestos similares de caridade. Estes atos são maravilhosos e muito recomendáveis, mas não é deles que quero falar hoje.


Escolhi o segundo tipo: aquelas situações randômicas onde temos a oportunidade de fazer a diferença para uma pessoa desconhecida numa emergência qualquer. Na maioria das vezes, pessoas com quem esbarramos em locais públicos, envolvidas em situações que podem ir do estar atrapalhado até o precisar de mãos para apagar um incêndio.

E o que nós, imersos nas nossas próprias mazelas, distraídos por preocupações sem fim amontoadas no nosso tempo escasso, enfim, assoberbados como sempre... O que nós temos a ver com este ser humano que pode ser bom ou mau, pior, pode sequer apreciar ou reconhecer nosso esforço?


Eu vejo pelo menos seis motivos para ajudar um estranho:


1) Divergir o olhar de nossos próprios problemas
Por um momento, por menor que seja, teremos a chance de esquecer nossas preocupações.
Dedicados a resolver o problema do outro (SEMPRE mais fácil do que os nossos), descansamos nossa mente. Ganhamos energia para o próximo round de nossa própria luta.
Esta pausa pode nos dar novo fôlego ou simplesmente ser um descanso momentâneo.


2) Olhar por um outro ângulo
Vez ou outra, teremos a oportunidade de relativizar nossos próprios problemas á luz do que encontramos nestes momento. Afinal, alguns de nossos problemas não são tão grandes assim...
Uma vez ajudei Teresa, a senhora que vende balas na porta da escola de meu filho. A situação dela era impossível de ser resolvida sozinha, pois precisava “estacionar” o carrinho que havia quebrado no meio de uma rua deserta. Jamais esquecerei o olhar desesperado, a preocupação com o patrimônio em risco, com o dia de by Savings Sidekick">trabalho desperdiçado, com as providências inevitáveis e caras. E jamais me esquecerei do olhar úmido e agradecido, apesar de eu jamais ter comprado nada dela. Nem antes nem depois.
Olhei com distanciamento o problema de Teresa. E fiquei grata por não ter que trabalhar na rua, por ter tantos recursos e by Savings Sidekick">oportunidades. E agradeci por estar lá, naquela hora, na rua de pouco movimento, e poder oferecer meus braços para ela.


3) Não há antes, nem depois ...
Na intricada teia de nossos by Savings Sidekick">relacionamentos, dívidas e depósitos se amontoam. Ajudar um conhecido muitas vezes cria vínculos ou situações complexas. Ás vezes, ele espera retribuir. Outras vezes, esperamos retribuição. Se temos ressentimentos com a pessoa, ajudá-la nem sempre deixa um gosto bom na boca. Se ela tem ressentimentos conosco, fica tudo muito ruim também.
Já com estranhos são simples. É ali, naquela hora. Depois acabou. E não há antes. Que alívio!
(mas não vamos deixar de ajudar os conhecidos dentro de nossas possibilidades, hein?)


4) A gratidão pelo inesperado é deliciosa
Quem se lembra de uma vez em que recebeu uma gentileza inesperada? Não é especial? E nem sempre estamos merecendo, mal-humorados por conta do revés em questão.
Ou quando ajudamos alguém e recebemos aquele olhar espantado e feliz?
Ontem mesmo, eu estava numa fila comum de banco. Um senhor bem velhinho estava atrás de mim. Na hora em que fui chamada, pedi que ele fosse primeiro. “Mas por que, minha filha?”. “Pelos seus cabelos brancos”, respondi. Ele, agradecido, me deu uma balinha de hortelã. Tudo muito singelo, muito fácil de fazer, mas o sentimento foi boooom.


5) Quase sempre, é fácil de fazer.
Uma vez eu fiquei envolvida por uma semana com uma mãe e um bebê que vieram para São Paulo para uma cirurgia e não tinha ninguém para esperar no aeroporto. Levei para um hotel barato, acompanhei por uma semana e tive medo de estar sendo usada, reforçada pelo ceticismo de muitas pessoas ao meu redor. No final, deu tudo certo e a história era verdadeira.
Mas na maioria dos casos, não é preciso tanto risco ou tanto tempo. Uma informação; um abaixar para pegar algo que caiu; uma dica sobre um produto no supermercado. Dar o braço para um cego (nunca pegue a mão dele, deixe que ele pegue o seu braço, aprendi com meu experiente marido). Facílimo, diria o Léo. E vamos combinar, fácil é tudo que precisamos quando o dia está difícil, certo?

6) Amor, meu grande amor
Finalmente, ajudar estranhos evoca o nosso melhor eu. É comum termos sentimentos de inadequação, baixa auto-estima e insatisfação conosco quando estamos sob tempo nublado. E ajudar o outro nos lembra que somos bons e capazes. Ajudar um estranho demonstra desapego, generosidade, empatia pelo próximo. E saber que somos tudo isto quando o coração está cinza... É para olhar com orgulho no espelho, não?

Portanto, se hoje não é o seu dia... Faça o dia de alguém. E se é um dia glorioso... Vai ficar melhor!

Fonte:http://www.vivermaissimples.com/2011/03/vida-dificil-ajude-um-estranho.html

Karoline Toledo Pinto

Karoline Toledo Pinto
Karoline Agente Penitenciária a quase 10 anos , bacharelada no curso de Psicologia em uma das melhores Instituição de Ensino Superior do País , publica um importante ARTIGO SOBRE AS DOENÇAS QUE OS AGENTES PENITENCIÁRIOS DESENVOLVEM NO EXERCÍCIO DE SUAS FUNÇÕES . Aguardem em breve aqui será publicado .APESAR DAS PERSEGUIÇÕES INFUNDADAS DAS AMEAÇAS ELA VENCEU PARABÉNS KAROL SE LIBERTOU DO NOSSO MAIOR MEDO A IGNORÂNCIA CONTE COMIGO.. OBRIGADO CLAUDIO VITORINO

Filmes que mudarão sua vida..

  • A cor púrpora
  • A espera de um milagre
  • A procura da felicidade
  • A prova de fogo
  • Antes de partir
  • Desafiando gigantes
  • Ensina-me a viver
  • Paixão de Cristo

Postagens populares