Playlist

Playlist

Playlist

sábado, 21 de julho de 2012

Aqui vão TODAS as dicas que TODOS precisam SABER para verificar se REALMENTE estão CONTRIBUINDO PARA UM MUNDO MELHOR! OBS: Pura questão de hábito! Uma questão de conquista diária! Se esforce! Você consegue!!! Vamos lá!

Aqui vão TODAS as dicas que TODOS precisam SABER para verificar se REALMENTE estão CONTRIBUINDO PARA UM MUNDO MELHOR!

OBS: Pura questão de hábito! Uma questão de conquista diária! Se esforce! Você consegue!!! Vamos lá!

Água

* Não demore nos banhos. Limite em 6 minutos. Mantenha o chuveiro desligado antes de tirar toda a roupa. Durante o banho feche a torneira do chuveiro enquanto se ensaboar;
* Mantenha a torneira fechada enquanto escova os dentes, faz a barba ou ensaboa as mãos;
* Não utilize mangueira ou esguicho para a lavagem de veiculos - utilize água em um balde;
* Mantenha sem vazamentos as torneiras, as descargas, os chuveiros, as bóias de caixa-d’água e as tubulações;
* Regue jardins e gramados com moderação;
* Feche a torneira da pia enquanto não estiver usando a água;
* A água da máquina de lavar pode ser aproveitada para a limpeza da casa;
* Água limpa que sobra em frascos pode ser jogada num canteiro de plantas ou em vasos;
* Não acione a válvula de descarga a toa - ela gasta muita água em um só aperto. E aperte somente durante o tempo necessário. Mantenha a válvula regulada;
* Não jogue lixo no vaso sanitário como fio dental, absorventes femininos e cabelos - isso evita entupimento;
* No momento da compra, dê preferência às caixas de descarga no lugar das válvulas e adquira modelos de baixo consumo de água;
* Deixe a roupa acumular para lavar tudo de uma só vez. Só use a máquina de lavar com a carga máxima de roupas. Se for lavar na mão, feche o tanque, coloque as roupas de molho em água e sabão e só use água corrente para enxaguar;
* Mantenha a torneira fechada enquanto ensaboa e esfrega a roupa;
* Instale aerador (peneirinha) nas torneiras da casa para reduzir a vazão;
* Não exagere no uso de produtos de limpeza, como a água sanitária que contém cloro. Use com moderação, de acordo com as recomendações dos fabricantes;
* Antes de lavar a louça, limpe pratos e panelas e deixe-os de molho;
* Use máquina de lavar louça somente quando estiver cheia;
* Utilize sabão ou detergente biodegradáveis;
* Ao comprar máquina de lavar roupas ou lavar pratos, verifique o consumo de água do produto;
* Não jogue óleo de frituras ou restos de comida em pias ou na privada pois, além de causar entupimentos, dificulta o tratamento do esgoto;
* Não regue as plantas nas horas mais quentes do dia ou quando estiver ventando muito para evitar a perda de água pela rápida evaporação. Molhe a base das plantas e não as folhas;
* Use uma vassoura para varrer a calçada e não uma mangueira. Se necessário, use um balde de água no final da limpeza;
* Procure aproveitar a água das chuvas. Capte-a na saída das calhas. Use para regar o jardim ou limpar a casa;
* Ao invés de cimentar todo o quintal, deixe um espaço para jardim e ajude a água da chuva a infiltrar-se na terra;
* Mantenha a caixa d'água limpa. Ela deve ser lavada pelo menos a cada 6 meses;
* Verifique o vaso sanitário jogando cinzas no fundo da privada. Se houver movimentação é porque há vazamento na válvula ou na caixa de descarga;
* Para detectar vazamentos como canos furados, mantenha os registros abertos e feche todas as torneiras e saídas de água do imóvel, não use o sanitário e observe se o relógio de água (hidrômetro) se altera depois de uma hora sem uso de água;
* Observe se não há manchas de umidade nas paredes;
* Novos edifícios com hidrômetros individuais por apartamento, estimulam a economia de água e a conta é mais justa, pois cada família só paga o quanto consome.


Quanto desperdiça:
Escovar dentes com torneira aberta = 80 litros
Lavar louça com torneira aberta = 100 litros
Lavar carro com mangueira em meia hora = 560 litros
Lavar calçada com mangueira = 280 litros
Banhos longos = 95 a 180 litros
Energia

* Desligue o aparelho de ar condicionado quando o ambiente estiver desocupado. Evite o frio excessivo, regulando a temperatura no termostato do aparelho e mantenha as janelas fechadas enquanto estiver funcionando. Evite a entrada do sol no ambiente e mantenha limpos os filtros do aparelho;
* Evite acender lâmpadas durante o dia e deixá-las acesas em locais desocupados. Utilize melhor a luz do sol, abrindo bem as janelas, cortinas e persianas. Use iluminação dirigida para a leitura. Use cores claras nas paredes e no teto e tire pó das lâmpadas periodicamente. Substitua lâmpadas incandescentes por fluorescentes;
* Acione nos computadores a função de proteção de tela após 5 minutos sem uso e a opção de apagar o monitor após 15 minutos. Não deixe periféricos ligados sem necessidade;
* Instale refrigeradores em locais bem ventilados, longe do fogão e de áreas expostas ao sol, mantenha-o a 15 cm da parede. Evite deixar a porta do aparelho aberta e para ajudar nessa tarefa arrume os alimentos de forma a encontrá-los facilmente;
* Não use as serpentinas de trás dos refrigeradores para secar panos de prato e roupas. No inverno, regule o termostato para a posição mínima e sempre mantenha em perfeito estado a borracha de vedação da porta. Ao adquirir um eletrodoméstico, prefira modelos que apresentem o selo Procel. Esta é a garantia de eficiência e baixo consumo dada pelos centros de pesquisa do governo;
* Não forre as prateleiras da geladeira com vidros ou plásticos. Isto dificulta a circulação interna de ar;
* Não guarde alimentos ou líquidos quentes;
* Quando se ausentar de casa por tempo prolongado, o ideal é esvaziar a geladeira e o freezer e desligar da tomada;
* Cuidado com geladeiras velhas pois o gás CFC pode vazar, ameaçando a camada de ozônio;
* Evite ligar o ferro elétrico em horários em que muitos outros aparelhos estejam ligados e procure juntar a maior quantidade de roupa para passá-las de uma vez. Antes de ligar o ferro, retire as roupas do varal e separe as peças que não precisam ser passadas, como tecidos que não amassam. Depois de desligar o ferro, aproveite o calor para passar as roupas leves;
* Procure secar as roupas no varal e não na secadora;
* Evite usar o chuveiro elétrico entre 18h e 21h. Quando não estiver fazendo frio, deixe a chave na posição "verão". Limpe periodicamente os orifícios de saída de água. Use somente resistências originais. NUNCA faça emendas ou adaptações (isso causa perda de energia e sérios danos ao chuveiro);
* Não durma com a televisão ligada. Utilize a opção de auto desligar (timer);
* Quando as tomadas ficam quentes é um indício de desperdício. Evite o uso de benjamins;
* Use fios com bitola adequada. Emendas malfeitas ou com fios de bitolas diferentes causam perda de energia. Na hora de fazer a instalação, consulte um técnico especializado;
* Retire os eletrodomésticos da tomada quando não estiverem sendo usados.


A energia economizada com a reciclagem de:
- uma única garrafa de vidro é suficiente para manter acesa uma lâmpada de 100W durante 4 horas;
- uma única lata de alumínio é suficiente para manter ligado um aparelho de TV durante 3 horas.
Solo, Fauna e Flora

* Não jogue lixo no chão ou em qualquer outro lugar inapropriado. Na rua, procure manter seu lixo com você no bolso da calça, na bolsa ou mesmo segurando com as mãos até o lixo mais próximo ou até em casa;
* Ao comprar produtos florestais como madeira e papel, exija o selo Conselho de Manejo Florestal (FSC) para ter a garantia que eles provém de florestas manejadas de acordo com critérios rigorosos e não predatórios. O selo verde atesta o uso de técnicas de corte que respeitam os ciclos de regeneração da mata. No site www.fsc.org.br encontra-se a lista com todas as empresas certificadas;
* Reduzir o consumo de carne em geral também ajuda no combate ao desmatamento. Isso porque muito da produção de soja é utilizada como ração de animais, como aves e porcos. Além de fazer bem à saúde, uma dieta com muitos vegetais é a que menos causa impactos negativos ao meio ambiente. Ao comer menos carne vermelha, por exemplo, o cidadão está contribuindo também no sentido de reduzir a necessidade de abertura de novas áreas de pastagens. Além disso, são economizados 20 mil litros de água tratada envolvida na produção de cada quilo de carne bovina (AKATU);
* Pergunte ao seu açougueiro ou ao supermercado de onde vem a carne que você compra;
* Evite consumir produtos feitos com couro animal. Busque alternativas como o couro vegetal (ecológico) feito a partir da extração do látex;
* Reduza o consumo de papel. Prefira papel reciclado;
* Grande parte da madeira extraída ilegalmente (sem nota fiscal) é vendida em lojas e depósitos de material de construção. Preste atenção na hora de construir ou reformar sua casa;
* Só compre móveis duráveis e conserve-os bem;
* Não compre orquídeas, bromélias, xaxins e palmitos sem certificado de origem. São espécies ameaçadas de extinção e só podem ser vendidas se forem cultivadas com essa finalidade;
* O palmito Juçara, encontrado na Mata Atlântica vem sendo explorado de forma predatória. A sua palmeira está em extinção. O juçara morre após a extração do palmito. A pupunha e o açaí, originários da Floresta Amazônica, se egeneram após o corte;
* Evite comprar palmito in natura, principalmente os vendidos na beira de estradas;
* Recuse palmito em conserva que não tenha registros do Ministério da Saúde ou do Ibama. Não arrisque sua saúde. O botulismo é uma intoxicação alimentar provocada pela consumo de palmito produzido sem condições de higiene necessárias. Combata o palmito clandestino;
* Não compre imóveis dentro de áreas protegidas.

Ar

* Se você vai a algum lugar perto de sua casa, prefira ir a pé. Isso evita que mais de CO2 seja lançado na atmosfera;
* Procure colegas que morem perto de você e frequentem a mesma escola ou local de trabalho para dividirem o mesmo veículo. Isso evita emissao de CO2 a mais e diminui as chances de congestionamento no transito. Além de a divisão de custos que também ser algo proveitoso. Racionalize as viagens;
* Para quem mora em casa, não fazer queimadas com restos de folhas e podas de árvores ou até mesmo de papéis. Isso aumenta o nível de CO2 na atmosfera;
* Vá aos locais necessários de bicicleta, sempre que for possível e seguro;
* Exija a construção de ciclovias e estacionamentos para bicicletas;
* Opte pelo transporte coletivo. Exija um transporte público de qualidade;
* Deixe o carro na garagem alguns dias por semana;
* Prefira veículos movidos a álcool, biodiesel ou modelos bicombustíveis (híbridos / flex);
* Escolha um modelo de veículo que gaste menos combustível por km rodado (mais eficiente);
* Calibre os pneus do seu carro ao menos uma vez por mês;
* Faça revisões periódicas no seu veículo para reduzir as emissões de poluentes;
* Abasteça o veículo em postos de sua confiança (evitar gasolina adulterada);
* Encoraje os seus familiares a usar menos o carro;
* No trabalho utilize videoconferências para evitar viagens.


Para a produção de biocombustíveis, o ideal é usar tecnologias que evitem o uso de alimentos como fonte de energia, visto que a população mundial cresce aceleradamente e as florestas estão encolhendo. Para abastecer um tanque com 50 litros de etanol feito a partir do milho são necessários 200 quilos de milho. Os recursos naturais são limitados e o uso da terra deve ser racional para evitar que mais pessoas passem fome no mundo enquanto outros passeiam de carro.
Alimentos

* Elimine o desperdício de alimentos para que a fronteira agrícola não avance ainda mais em direção às florestas nativas;
* Planeje as compras verificando o que já tem em casa. Opte pelo essencial;
* Siga a lista que preparou no supermercado. Procure fazer as compras após as refeições;
* Compre verduras, legumes e frutas semanalmente. Não se importe com pequenas imperfeições destes alimentos;
* Adquira na quantidade de alimento de consumo da sua família;
* Coma primeiro as frutas mais maduras;
* Prepare salada de frutas, vitaminas, aproveitando os alimentos disponíveis com criatividade;
* No preparo, procure aproveitar integralmente os alimentos, sempre que possível. Cascas de abacaxi viram suco, talos de verduras enriquecem tortas, sopas, arroz, risotos, etc;
* Quando a comida estiver pronta e na temperatura ambiente, congele o excedente em porções individuais para consumo (uma concha de arroz, feijão, outros grãos cozidos, etc). Se sobrar, diminua a porção até acertar o tamanho ideal;
* Congele somente comida fresca. Descongele de um dia para o outro na geladeira ou retire do congelador algumas horas antes de consumir. Nunca recongele;
* Procure colocar no prato somente o que pretende comer. Repita se necessário;
* Prefira produtos da estação. São mais baratos e saborosos;
* Procure comprar produtos da região. Isto ajuda a diminuir a poluição e as perdas causadas pelo transporte da mercadoria;
* Não compre alface, cenoura e outros alimentos para ficarem esquecidos e velhos na gaveta da geladeira;
* Descarte os alimentos separadamente (lixo orgânico) de outros resíduos como papel, plástico, vidro, metal e outros;
* Habitue-se a ler os rótulos dos produtos: prazo de validade, informações nutricionais, calorias, ingredientes, tipos de gorduras, etc;
* Procure optar por alimentos e sucos naturais. São nutritivos e geram menos lixo (embalagens);
* Orgânico ou convencional, todo alimento vindo da feira deve ser muito bem lavado antes do consumo;
* Evite frituras e frios embutidos. Evite consumir com grande frequência produtos industrializados/muito processados com excesso de açúcar, sal, gorduras trans, saturadas ou aditivos químicos artificiais (conservantes, corantes, aromatizantes, antioxidantes, estabilizantes e outros muitas vezes indecifráveis).

3 Rs - Reduzir, Reutilizar, Reciclar

* Reaproveitar as embalagens Tetra Pak é muito simples. Elas podem ser transformadas em placas e telhas, isolantes térmicos para telhados e objetos plásticos, como vasos, baldes, brindes e vassouras. Além disso, é possível ainda reaproveitá-las no artesanato (em caixinhas para presentes, por exemplo) ou no plantio de sementes e mudas;
* O PET pode ser transformado em vassouras ecológicas, como bóias em projetos de pesca, na fabricação de móveis, no artesanato de brinquedos, bolsas, jogos, embalagens para presentes, lustres e abajures, etc;
* As garrafas de água mineral podem ser de diferentes tipos de plásticos. Em geral, elas são de Polipropileno (PP), que tem o número 5 dentro do símbolo de reciclagem ou o número 2, de Polietileno de Alta Densidade - PEAD. Essas embalagens podem ser usadas para o plantio de sementes ou até mesmo para fazer brinquedos e jogos infantis;
* Alguns potes de iogurte, pratos descartáveis, embalagens de sorvete são de plástico e podem ser reaproveitadas em casa para diversos fins, como para guardar alimentos e remédios. Também servem como "porta-trecos" para o quarto das crianças, na oficina ou no quarto de costura. Esse tipo de embalagem é muito reutilizada pelas donas de casa;
* Antes de comprar algo, pense se você realmente precisa do objeto. Às vezes, você vai comprar algo que depois ficará encostado e, cedo ou tarde, acabará indo parar no lixo. Quanto mais consumimos, mais as indústrias precisam produzir e, com isso, mais poluem e desmatam áreas verdes;
* Evite levar para casa embalagens plásticas e de papel que não serão novamente utilizados. Evite comprar alimentos com embalagens desnecessárias - prefira, sempre que for possível, produtos com vasilhame reaproveitável;
* Escreva nos dois lados do papel e use, sempre que puder, produtos feitos com papel reciclado;
* Sacos plásticos e isopor não são biodegradáveis, e quando jogados em locais indevidos podem matar animais e peixes que os ingerem;
* Mantenha sempre as lixeiras fechadas;
* Quando instalar sua lixeira, prefira mantê-la em local alto, ou de difícil acesso a animais de rua;
* Nunca deposite seu lixo em terrenos baldios ou próximo de rios e córregos;
* Retire o excesso de líquido e material orgânico das embalagens, antes de jogá-las fora;
* Amasse latas e recipientes volumosos para que não ocupem espaço desnecessário em sua lixeira.

Porque é importante reciclar:
- Diminui a exploração de recursos naturais e o consumo de energia;
- Melhora a limpeza da cidade e a qualidade de vida da população;
- Contribui para diminuir a poluição do solo, da água e do ar;
- Prolonga a vida útil de aterros sanitários e melhora a produção de composto orgânico;
- Gera emprego para a população não qualificada;
- Gera receita pela comercialização dos recicláveis;
- Contribui para formar uma consciência ambiental e para valorização da limpeza urbana;
- A reciclagem de uma tonelada de papel economiza a derrubada de 15 árvores de eucalipto de 6 anos;
- O vidro é produzido pela mistura de areias submetidas a uma temperatura de 1.300ºC, mas pode ser reciclado com aproveitamento de 100%;
- O processo de reciclagem diminui a poluição do ar em 75%, a poluição da água em 35%, e reduz o consumo de energia em 64%.



Fonte:http://garantindogeracoes.blogspot.com.br/2009/06/dicas.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um espaço verdadeiramente democrático , não limitamos e restringimos qualquer tipo de expressão , não toleramos racismo preconceito ou qualquer outro tipo de discriminação..Obrigado Claudio Vitorino

Claudio Vitorino em ação..

Postagens populares

Google+ Followers

Arquivo do blog

Claudio Vitorino em ação..

Aquele que acredita que o interesse coletivo está acima do interesse individual , que acredita que tudo e possível desde que tenha fé em Deus e coragem para superar os desafios...

Vida difícil? Ajude um estranho .

Pode parecer ilógico -no mínimo pouco prioritário- ajudar um estranho quando as coisas parecem confusas na nossa vida. Mas eu venho aprendendo que este é um poderoso antídoto para os dias em que tudo parece fora do lugar.

Como assim, pergunta o meu leitor mais cético? E eu explico:
Há duas situações clássicas onde podemos auxiliar uma pessoa que não conhecemos. A primeira é através de doações e gestos similares de caridade. Estes atos são maravilhosos e muito recomendáveis, mas não é deles que quero falar hoje.


Escolhi o segundo tipo: aquelas situações randômicas onde temos a oportunidade de fazer a diferença para uma pessoa desconhecida numa emergência qualquer. Na maioria das vezes, pessoas com quem esbarramos em locais públicos, envolvidas em situações que podem ir do estar atrapalhado até o precisar de mãos para apagar um incêndio.

E o que nós, imersos nas nossas próprias mazelas, distraídos por preocupações sem fim amontoadas no nosso tempo escasso, enfim, assoberbados como sempre... O que nós temos a ver com este ser humano que pode ser bom ou mau, pior, pode sequer apreciar ou reconhecer nosso esforço?


Eu vejo pelo menos seis motivos para ajudar um estranho:


1) Divergir o olhar de nossos próprios problemas
Por um momento, por menor que seja, teremos a chance de esquecer nossas preocupações.
Dedicados a resolver o problema do outro (SEMPRE mais fácil do que os nossos), descansamos nossa mente. Ganhamos energia para o próximo round de nossa própria luta.
Esta pausa pode nos dar novo fôlego ou simplesmente ser um descanso momentâneo.


2) Olhar por um outro ângulo
Vez ou outra, teremos a oportunidade de relativizar nossos próprios problemas á luz do que encontramos nestes momento. Afinal, alguns de nossos problemas não são tão grandes assim...
Uma vez ajudei Teresa, a senhora que vende balas na porta da escola de meu filho. A situação dela era impossível de ser resolvida sozinha, pois precisava “estacionar” o carrinho que havia quebrado no meio de uma rua deserta. Jamais esquecerei o olhar desesperado, a preocupação com o patrimônio em risco, com o dia de by Savings Sidekick">trabalho desperdiçado, com as providências inevitáveis e caras. E jamais me esquecerei do olhar úmido e agradecido, apesar de eu jamais ter comprado nada dela. Nem antes nem depois.
Olhei com distanciamento o problema de Teresa. E fiquei grata por não ter que trabalhar na rua, por ter tantos recursos e by Savings Sidekick">oportunidades. E agradeci por estar lá, naquela hora, na rua de pouco movimento, e poder oferecer meus braços para ela.


3) Não há antes, nem depois ...
Na intricada teia de nossos by Savings Sidekick">relacionamentos, dívidas e depósitos se amontoam. Ajudar um conhecido muitas vezes cria vínculos ou situações complexas. Ás vezes, ele espera retribuir. Outras vezes, esperamos retribuição. Se temos ressentimentos com a pessoa, ajudá-la nem sempre deixa um gosto bom na boca. Se ela tem ressentimentos conosco, fica tudo muito ruim também.
Já com estranhos são simples. É ali, naquela hora. Depois acabou. E não há antes. Que alívio!
(mas não vamos deixar de ajudar os conhecidos dentro de nossas possibilidades, hein?)


4) A gratidão pelo inesperado é deliciosa
Quem se lembra de uma vez em que recebeu uma gentileza inesperada? Não é especial? E nem sempre estamos merecendo, mal-humorados por conta do revés em questão.
Ou quando ajudamos alguém e recebemos aquele olhar espantado e feliz?
Ontem mesmo, eu estava numa fila comum de banco. Um senhor bem velhinho estava atrás de mim. Na hora em que fui chamada, pedi que ele fosse primeiro. “Mas por que, minha filha?”. “Pelos seus cabelos brancos”, respondi. Ele, agradecido, me deu uma balinha de hortelã. Tudo muito singelo, muito fácil de fazer, mas o sentimento foi boooom.


5) Quase sempre, é fácil de fazer.
Uma vez eu fiquei envolvida por uma semana com uma mãe e um bebê que vieram para São Paulo para uma cirurgia e não tinha ninguém para esperar no aeroporto. Levei para um hotel barato, acompanhei por uma semana e tive medo de estar sendo usada, reforçada pelo ceticismo de muitas pessoas ao meu redor. No final, deu tudo certo e a história era verdadeira.
Mas na maioria dos casos, não é preciso tanto risco ou tanto tempo. Uma informação; um abaixar para pegar algo que caiu; uma dica sobre um produto no supermercado. Dar o braço para um cego (nunca pegue a mão dele, deixe que ele pegue o seu braço, aprendi com meu experiente marido). Facílimo, diria o Léo. E vamos combinar, fácil é tudo que precisamos quando o dia está difícil, certo?

6) Amor, meu grande amor
Finalmente, ajudar estranhos evoca o nosso melhor eu. É comum termos sentimentos de inadequação, baixa auto-estima e insatisfação conosco quando estamos sob tempo nublado. E ajudar o outro nos lembra que somos bons e capazes. Ajudar um estranho demonstra desapego, generosidade, empatia pelo próximo. E saber que somos tudo isto quando o coração está cinza... É para olhar com orgulho no espelho, não?

Portanto, se hoje não é o seu dia... Faça o dia de alguém. E se é um dia glorioso... Vai ficar melhor!

Fonte:http://www.vivermaissimples.com/2011/03/vida-dificil-ajude-um-estranho.html

Karoline Toledo Pinto

Karoline Toledo Pinto
Karoline Agente Penitenciária a quase 10 anos , bacharelada no curso de Psicologia em uma das melhores Instituição de Ensino Superior do País , publica um importante ARTIGO SOBRE AS DOENÇAS QUE OS AGENTES PENITENCIÁRIOS DESENVOLVEM NO EXERCÍCIO DE SUAS FUNÇÕES . Aguardem em breve aqui será publicado .APESAR DAS PERSEGUIÇÕES INFUNDADAS DAS AMEAÇAS ELA VENCEU PARABÉNS KAROL SE LIBERTOU DO NOSSO MAIOR MEDO A IGNORÂNCIA CONTE COMIGO.. OBRIGADO CLAUDIO VITORINO

Filmes que mudarão sua vida..

  • A cor púrpora
  • A espera de um milagre
  • A procura da felicidade
  • A prova de fogo
  • Antes de partir
  • Desafiando gigantes
  • Ensina-me a viver
  • Paixão de Cristo

Postagens populares